07 / 11 / 2018 - as 16:30

Um filhote de peixe-boi foi resgatado por biólogos do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade  (ICMBio), após encalhar duas vezes na tarde da última terça-feira (06), na Praia do Coqueiro em Luís Correia.

Na primeira vez, turistas tentaram levar o animal para perto dos pais, a 20 metros da costa, mas horas depois ele voltou a encalhar.

De acordo com informações, a situação não é comum e deixa especialistas preocupados porque o animal pode está doente.

Devido a situação, biólogos do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade resolveu resgatar o animal para investigar o que estaria provocando os encalhos. O mamífero marinho passará por um processo de biometria onde será pesado, medido, coletado fezes, sangue e pele, para obter dados sobre a saúde do animal. Depois ele será encaminhado para o centro de recuperação, onde será amamentado em cativeiro até poder voltar ao habitat natural.

meionorte


07 / 11 / 2018 - as 11:14

Na tarde de hoje, Policiais Rodoviários Federais prenderam em Floriano/PI, um condutor por tráfico de drogas e apreenderam aproximadamente 300kg de drogas.
 
Os agentes abordaram um caminhão M. Benz/L de cor azul que era conduzido por D.S.C. e transportava substância análoga a maconha em compartimento falso na carroceria do veículo. conduzido por D.S.C.
 
Aos policiais, D.S.C. informou que trazia a droga de Brasília/DF e seu destino era Teresina/PI.
 
Diante dos fatos os policiais realizaram os procedimentos cabíveis e encaminharam a ocorrência para Delegacia da  Polícia Civil de Floriano/PI.
 
PRF forte é Brasil mais seguro
 
 
 

07 / 11 / 2018 - as 09:45

Nesta terça-feira (6) integrantes da Chapa 02 Integra-OAB promoveu um bate-papo com a advocacia jovem de Campo Maior. O encontro aconteceu na Churrascaria João do Churrasco e contou com a presença de vários advogados, jornalistas e empresários.
 
A Chapa 02 Integra-OAB tem como candidata à Presidência da Sub-seção de Campo Maior, a advogada Francysllane Ferreira. Segundo ela, o objetivo da reunião, foi ouvir os anseios e as expectativas de quem está iniciando na carreira de advocacia.
 
Entre as propostas apresentadas pela chapa está o apadrinhamento do jovem advogado. “ Nós sabemos da dificuldade do jovem advogado se inserir no mercado de trabalho. Essa apadrinhamento é uma acolhida, uma consultoria para que o jovem advogado não se sinta desorientado, sem saber como agir”, explicou.
 
Segundo Francysllane são muitos os desafios que têm pela frente. “Vamos lutar pela defesa das nossas prerrogativas, criar e expandir mais o trabalho das subcomissões e fortalecer a sub-seção de Campo Maior”, finalizou.
 
 
 
 
 
 
Redação Portal Fato

06 / 11 / 2018 - as 13:54

Na tarde desta segunda-feira (05/11), o secretário de Fazenda do Piauí, Rafael Fonteles, afirmou em entrevista à TV Cidade Verde que o Governo do Estado ainda não tem reserva de recursos para realizar o pagamento da segunda parcela do 13ª salários do servidores públicos do Piauí, que é paga em dezembro.
No entanto, o secretário garantiu que o pagamento do valor é uma prioridade do governo de Wellington Dias. Para o secretário, essa realidade não é exclusividade do ano de 2018. “Sempre há um desafio no final do ano”, alertou. De acordo com Rafael Fonteles, toda a equipe econômica do Governo do Estado está trabalhando para que o 13ª seja pago na data prevista.
 
“Ainda não temos essa reserva, mas estamos trabalhando para ter. Nós temos uma tabela e queremos seguí-la fielmente. No ano passado foi muito difícil cumprir, muita gente não acreditou, mas nós conseguimos”, apontou. “Não temos essa reserva, mas temos confiança de que iremos honrar. É a prioridade do governador Wellington Dias e estamos lutando com toda equipe econômica com forte contingenciamento de despesa para priorizar o que é essencial”, explica.
 
De acordo com o secretário, a contenção de gastos é principal medida tomada pelo governo, no momento. “O governo trabalha para ‘enxugar’ uso da máquina administrativa, de forma que tem estudado forma de corte de qualquer despesa: com custos de combustível, locação de veículo, diárias, passagens aéreas, contrato de terceirizados, de consultoria ou os mais diversos possíveis”.
 
Fonte Portal do Delta

06 / 11 / 2018 - as 13:31

O prefeito Professor Ribinha esteve reunido nessa terça, 06, com os vereadores que fazem parte da bancada de apoio ao governo e o presidente da Câmara, Fernando Miranda.
 
Na oportunidade, o prefeito Professor Ribinha ressaltou o compromisso que a Câmara está tendo com o povo de Campo Maior ao aprovar matérias de interesse coletivo e que ajudam a melhorar ainda mais a vida dos cidadãos campomaiorenses.
 
 

06 / 11 / 2018 - as 12:10

Informo a todos que ontem ,05, foi realizado a reposição de lâmpadas na avenida principal do Bairro Fripisa, Sendo que a secretária de iluminação já tinha concluindo o trabalho no bairro no mês de setembro e foi depredada por vândalos.

 


06 / 11 / 2018 - as 11:48

Uma mulher identificada como Núbia Raquel Bezerra foi morta a tiros na manhã desta terça-feira (06) no bairro Santa Luzia, zona Sul de Teresina. 

A vítima estava em um casebre da região. Quando abriu a porta para o suposto autor do crime, foi alvejada com dois tiros. 

Os disparos atingiram o tórax e a região lombar da vítima, que morreu na hora. 

Filhos da vítima estiveram na sede da DHPP e contaram à TV Cidade Verde que Núbia era dependente de drogas há mais de cinco anos. 

O diretor do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa, Francisco Baretta, informou que Núbia vendia droga na região do Santa Luzia. “Ela também, de acordo com as investigações, era envolvida com gente que rouba carro” conta Baretta. 

Vizinhos relataram que ouviram disparos por volta de 3h. A polícia não descarta a possibilidade do crime ter relação com recente caso de cárcere privado de uma mulher que aconteceu no bairro Santa Luzia. Na ocasião, um jovem identificado como Caíque foi morto. 

“Ainda é prematuro falar nessa ligação, mas não descartamos. A informação é que ela vendia droga para a esposa de uma pessoa que era parceira do Caíque”, acrescenta Baretta. 

A Polícia Civil segue em diligência para encontrar suspeito do crime e conhecer a motivação do assassinato. 

O caso será investigado pelo Núcleo de Feminicídio do DHPP

Fonte: cidadeverde.com

 


06 / 11 / 2018 - as 11:46

Na primeira visita do presidente eleito Jair Bolsonaro a Brasília, sua participação em evento sobre os 30 anos da Constituição lotou o Congresso na manhã desta terça-feira, dia 6 As sessões solenes, como a que ocorre nesta manhã, raramente registram um grande número de parlamentares na Casa. Nesta terça, porém, tanto deputados e senadores da base quanto da oposição participam do evento.

A sessão estava marcada para ter início as 10h, mas desde 9h autoridades começaram a chegar no prédio. A imprensa, que normalmente tem trânsito livre no local, teve a circulação limitada a alguns espaços e é acompanhada de perto pelos seguranças.

Bolsonaro chegou pouco antes das 10h ao Congresso e não conversou com os jornalistas. Foi direto ao gabinete do presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), onde se reuniu também com o presidente Michel Temer e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). 

A chegada de Bolsonaro ao Congresso cercada por um forte esquema de segurança, bem diferente de meses atrás, quando o deputado em sétimo mandato passava despercebido pela maioria. Durante as votações, era comum ver o parlamentar, agora presidente eleito, sentado no plenário ao lado de seu filho, o também deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). 

Considerado por Bolsonaro o seu "Posto Ipiranga" na economia, o economista e futuro ministro Paulo Guedes também participa da sessão no Congresso. Diferentemente do presidente eleito, que se sentou na mesa diretora, Guedes se sentou em uma das cadeiras no plenário, ao lado de deputados e senadores com quem terá de negociar a votação de suas propostas para a economia.

O relator da reforma tributária, deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), inclusive, aproveitou o início da sessão para puxar assunto com o futuro ministro da Economia. Hauly foi até o economista para tentar agendar uma nova reunião para falar sobre a reforma.

Fonte: Estadão Conteúdo

 

 



PUBLICIDADE