01 / 03 / 2021 - 17h35
Acusado de matar trabalhador rural em Campo Maior a facadas alega legítima defesa

A delegada Nathália Figueiredo (FOTO), disse em entrevista ao Portal Fato e Fato Tv, que já realizou o procedimento do interrogatório do acusado Antônio Gentil da Silva, de 60 anos, acusado de matar a golpes de faca, Francisco Filho Paz, de 55 anos.  O homicídio ocorreu no ultimo sábado (27/2), no Assentamento Santo Egídio, zona rural de Campo Maior.

A delegada disse que o acusado alegou que aplicou os golpes de faca em Francisco Filho por legítima defesa após um desentendimento. Porém a delegada disse que alguns pontos não batem com o que falaram as testemunhas que foram ouvidas no caso.

MOTIVAÇÃO

Sobre a motivação do crime a delegada disse que o inquérito ainda não foi concluído e que as investigações estão em curso para um relatório final. A prisão em flagrante do acusado foi convertida em preventiva e ele agora deverá seguir para um presídio.

 

@RedaçãoFato



Publicidade