08 / 06 / 2018 - as 11:51
Pai faz filha de escudo para se defender e criança é baleada com três tiros
Um ex-presidiário foi assassinado e a filha de três anos baleada no abdômen e na cabeça durante um suposto acerto de contas. O caso ocorreu nesta quinta-feira (07), no Residencial Recanto dos Pássaros, zona Sudeste de Teresina. A criança foi baleada quando supostamente foi usada como "escudo humano" pelo pai que queria evitar a própria morte.
O morto foi identificado como Elinaldo José da Silva, 29 anos, conhecido como Vaqueiro. Ele estava preso na Casa de Custódia e havia sido posto em liberdade há cerca de um mês. 
 
Testemunhas informaram que três homens participaram da execução. O local onde Elinaldo estava com uma filha seria uma boca de fumo.
 
Mesmo baleado, a vítima ainda tentou correr, mas não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local. 
 
Já a criança foi alvejada com três tiros e está internada no Hospital de Urgência de Teresina (HUT), sendo dois na região do abdômen e um na parte frontal da cabeça, mas não chegou a perfurar o crânio. A menina teve ainda uma fratura no braço direito por conta dos disparos no abdômen, que também atingiu o diafragma, fígado e baço. Ela passou por cirurgia, fez uma laparotomia explorada e apesar de ser grave, ela está estável no momento.
 
O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).
fonte:cidadeverde.com


   



PUBLICIDADE