10 / 08 / 2018 - as 15:49
Dois homens morrem após confundirem veneno com cachaça em Teresina

O delegado Tales Gomes, titular do 22º Distrito Policial (Santa Maria da Codipi), vai abrir um procedimento investigatório para apurar a morte de dois homens por envenenamento no início da noite de ontem(09). Um terceiro, que também teria ingerido o produto, está internado em estado grave no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). 

O caso aconteceu no povoado Portal São Vicente, zona rural Norte de Teresina, próximo à PI-112 que liga Teresina a União. 

Segundo ele, vizinhos das vítimas relataram que o dono da casa, identificado como Francisco, chegou com o cunhado e o sobrinho com um litro de uma bebida, que seria supostamente uma cachaça, para tomarem juntos no final da tarde. Ao colocarem a cachaça na geladeira, eles teriam confundido com outra garrafa que estava no local. 

“As vizinhas relataram que a cachaça era temperada, com fragmentos de raízes e a botaram na geladeira. No interior dessa geladeira tinha outro vidro parecido com o dessa cachaça que era veneno para formiga e a suspeita é que eles tenham se confundido e misturado às bebidas. Não há relato de uma quarta pessoa na casa”, disse o delegado. 

O delegado disse que o primeiro a passar mal e morrer ainda no local foi o dono da casa. “O cunhado dele ainda foi socorrido, mas morreu no transporte. Já o filho dele está no hospital”, acrescentou Tales Gomes. 

A polícia afirma que, a princípio, trata-se de um acidente provocado pelas próprias vítimas que se envenenaram. 

“Até agora são mortes a esclarecer. Vamos fazer as oitivas, mas não muitas formalidades porque não há indícios de que poderia ter sido um crime”, supõe o delegado Tales Gomes. 

A terceira vítima foi identificada como Davi Ferreira Lima, de 18 anos, que deu entrada no HUT por volta das 19h30 e está intubado e sedado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O estado é considerado grave. No prontuário a informação é de ingestão de veneno. 

Fonte:cidadeverde.com

 

 



   



PUBLICIDADE