29 / 05 / 2019 - as 13:03

Um homem foi preso nesta terça-feira (28) suspeito de participação na morte de Francisco Hernandes Feitosa, de 37 anos. Identificado como Ezequiel Silva, ele foi preso pela Polícia Militar na região litorânea de divisa entre os estados do Piauí e Ceará. Ele é o segundo suspeito de envolvimento no homicídio a ser preso. Um terceiro homem que teria participação no crime foi assassinado há cerca de 10 meses.

O delegado Igor Gadelha, coordenador da Delegacia Homicídios, Tráfico de drogas e Latrocínio (DHTL), disse que Ezequiel foi identificado pelos policiais militares, que trocaram informações com a Polícia Civil. “Eles fizeram a abordagem desse indivíduo e a gente informou que ele tinha esse mandado de prisão em aberto por homicídio”, contou o delegado.

Ainda segundo Gadelha, o crime foi elucidado pela Polícia Civil. Além de Ezequiel, duas outras pessoas foram identificadas como suspeitos de participação no crime: um deles, identificado como Charles Costa de Souza, foi preso em novembro de 2018. O outro é Maicon da Silva Alves, que foi assassinado cerca de duas semanas depois do crime.

“A autoria já foi definida, assim como a participação de cada um dos envolvidos. Mas ainda temos apurações complementares. O crime ainda está em investigação”, disse o delegado Igor Gadelha.

Relembre o caso

O crime aconteceu no dia 17 de junho de 2018. Francisco Hernandes Feitosa Silva, 37 anos, foi assassinado após uma briga em um bar no município de Parnaíba. Segundo a polícia, o homem trabalhava como mecânico em uma oficina de bicicletas próximo ao local do crime.

"Segundo testemunhas, ocorreu uma briga entre a vítima e outras pessoas. Eles teriam se afastado do bar alguns metros, momento em que a vítima foi cercada por outras pessoas, que a seguraram, enquanto o acusado desferia as facadas", afirmou ao G1 o tenente Jony Menezes, comandante de policiamento que estava de plantão no dia do crime.

A Perícia Criminal foi acionada e confirmou a morte por perfuração de arma branca. "Foram duas lesões por instrumento cortante, com características de faca. Um na região dorsal e outra na lombar direita", afirmou o perito criminal Eduardo Gonçalves.

Fonte: G1Pi

 


24 / 05 / 2019 - as 14:45

Um homem foi preso pela Polícia Militar após agredir a esposa e um dos filhos, uma criança de quatro anos, na cidade de Buriti dos Lopes, a 302 km de Teresina. O suspeito, identificado como Cleidivan Silva Nunes, foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Parnaíba, onde permanece preso.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito chegou embriagado em casa por volta das 21h de quinta-feira (23). “Após sair de casa e beber durante a toda a tarde, ele chegou em casa e agrediu com chutes e socos a companheira e seu filho”, relatou o delegado Rodrigo Mello, da Central de Flagrantes de Parnaíba.

O crime foi denunciado pelos vizinhos do casal à Polícia Militar de Buriti dos Lopes, que interveio. O suspeito tem outros seis filhos com a vítima, sendo o mais novo um bebê de apenas cinco meses.

Ainda de acordo com informações obtidas pela Polícia Civil, o homem já teria agredido a companheira antes, mas ela não acionou a polícia em nenhum dos episódios. Cleidivan também não tem antecedentes criminais. O suspeito foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Parnaíba e autuado pelo crime de violência doméstica.

Fonte: G1 Pi

 

 

 


23 / 05 / 2019 - as 16:11

Uma estudante de 17 anos do Instituto Federal do Piauí -IFPI, do município de Corrente foi vítima de um estupro coletivo durante uma viagem da instituição para o estado do Tocantins em conjunto com alunos da Universidade Estadual do Piauí - UESPI.

A estudante teria sido dopada com algo colocado em sua bebida e abusada sexualmente por um estudante da IFPI e outros dois da Universidade Estadual do Piauí.

De acordo com informações do diretor do IFPI de Corrente, após ter sofrido o abuso a adolescente teria procurado os professores e relatado o abuso.

“Uma aluna que estava participando de uma visita técnica conjunta da Universidade Estadual do Piauí com o Instituto Federal do Piauí nos procurou durante a realização da visita e afirmou que teria sofrido um abuso por parte de alguns alunos que faziam parte da visita técnica.” Contou o diretor do Campus Corrente do IFPI, Laércio Barros.

Ainda segundo o diretor do IFPI, professores da instituição de ensino teria informado o ocorrido para a família da vítima que pediu que a adolescente voltasse para para o município de Corrente para realização dos procedimentos cabíveis.

meionorte

 


21 / 05 / 2019 - as 12:18

Governadores de 13 estados divulgaram nesta terça-feira (21) uma carta aberta contra o decreto de armas, editado pelo presidente Jair Bolsonaro, no começo do mês.

Na avaliação do grupo, que conta também com o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, o decreto que amplia o direito do cidadão à arma vai aumentar a violência no país.

"Achamos que isso não vai ajudar, pelo contrário. O que aguardamos é sermos chamados pelo governo federal para debatermos a política de segurança pública do país", afirmou ao blog o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), um dos signatários do documento.

Na carta (veja abaixo), as autoridades de 13 estados e mais o Distrito Federal afirmam que "as medidas previstas pelo decreto não contribuirão para tornar nossos estados mais seguros. Ao contrário, tais medidas terão um impacto negativo na violência – aumentando por exemplo, a quantidade de armas e munições que poderão abastecer criminosos – e aumentarão os riscos de que discussões e brigas entre nossos cidadãos acabem em tragédias".

Camila Santana disse que não há previsão de entrega direta ao presidente Bolsonaro, com quem os governadores do Nordeste estarão reunidos na sexta-feira, na primeira viagem do presidente à região.

Além de Santana, assinam a carta Ibaneis Rocha (DF), Rui Costa (BA), Flavio Dino (MA), Renato Casagrande (ES), Helder Barbalho (PA), entre outros.

Nesta segunda-feira (21), o Jornal Nacional revelou que o decreto de Bolsonaro que regulamenta o uso e porte de armas no país libera compra de fuzil por qualquer cidadão.

O documento permite que as pessoas consigam comprar arma produzida pela Taurus. O Fuzil T4 foi criado em 2017 e se enquadra em novas especificações.

O decreto das armas está em vigor desde o início de maio. Ainda não há um cronograma para regulamentação, mas, desde que foi anunciado, o decreto dividiu opiniões.

O Ministério Público Federal, em Brasília, pediu a suspensão do decreto. Atualmente, existem três ações contra o decreto na Justiça Federal e três no Supremo Tribunal Federal (STF).

Fonte: G1PI

 


20 / 05 / 2019 - as 06:45

Na manhã deste domingo (19), um bebê recém-nascido foi encontrado dentro de uma sacola de plástico no banheiro de um bar no açude Caldeirão, na cidade de Piripiri, localizada a 166 km de Teresina. As informações são do Piripiri Repórter.

A Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e os policiais militares foram acionados por populares que estavam no local, para verificar o estado de saúde da criança, que é do sexo masculino. O bebê passa bem e sem riscos.

As pessoas que o encontraram chegaram a pensar que ele não estivesse vivo. A criança foi levada ao hospital. Os Policiais Militares estão em diligências para identificar os pais do recém-nascido.

meionorte


18 / 05 / 2019 - as 10:57

Uma mulher grávida foi presa na sexta-feira (17) acusada de praticar um assalto no bairro Vale do Gavião , na zona Leste de Teresina .

Imagens de uma câmera de residência próxima ao local do crime flagraram ela e seu companheiro roubando uma bolsa de uma mulher.

A mulher, ainda não identificada, usava uma tornozeleira eletrônica no momento da prisão. Provavelmente por ter praticado outros crimes.

Pela Lei, mulheres grávidas e mães de crianças de até 12 anos, que estejam em prisão provisória e  não foram condenadas, têm o direito de deixar a cadeia e ficar em prisão domiciliar até seu caso ser julgado.

meionorte

 


15 / 05 / 2019 - as 10:46

O policial civil identificado como André Morais e Silva, de 34 anos, foi alvejado com um tiro na coxa, na manhã desta quarta-feira (15), durante uma briga ocorrida em uma loja de conveniência, que em um posto de combustíveis localizado no bairro São Cristóvão, na zona Leste de Teresina.

O policial baleado é lotado na equipe do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco). Os policiais do 5° Batalhão da Polícia Militar foram acionados e estiveram no local para atender a ocorrência.

De acordo com as primeiras informações, o policial estava bebendo na loja de conveniência quando entrou em discussão com um homem ainda não identificado. Os dois entraram em luta corporal e o suspeito conseguiu tomar a arma do policial e efetou um disparo na altura da virilha.

Um funcionário da loja chegou e conseguiu separar a briga. O policial foi socorrido por uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levado para atendimento médico no Hospital de Urgência de Teresina (HUT), onde foi atendido e recebeu alta. Ele segue com o quadro de saúde estável.

meionorte

 


13 / 05 / 2019 - as 15:52

Um homem foi assassinado na madrugada dessa segunda-feira (13/05), dentro de sua residência, localizada no bairro de Fátima, na cidade de Piracuruca, no Norte do Piauí. O corpo foi encontrado no terraço da casa com diversas perfurações provocadas por arma de fogo. As informações são do Piracuruca Ao Vivo.

A Guarnição da Polícia Militar foi acionada por volta das 2 horas desta madrugada, após receber informações que houve disparos de arma de fogo em uma residência.

Chegando no local, os policiais encontraram o corpo de uma pessoa, até agora identificada pelo nome de Sérgio, com perfurações na região da cabeça. 

O local foi isolado e a perícia criminal acionada para as providências cabíveis.

Segundo informações de populares, um carro de cor prata teria passado no local durante os disparos.

Diligências foram realizadas mas o carro não foi localizado.

180graus

 



PUBLICIDADE