06 / 07 / 2016 - as 09:35

A Unidade Escola Antonio Alcântara, na localidade Satisfeito, na zona rural de Sigefredo Pacheco, foi arrombada por criminosos na madrugada de segunda-feira (05/05). O caso foi registrado na delegacia pelo secretário municipal de educação Murilo Bandeira.

Quando a professora da escola chegou na manhã de ontem, encontrou as três salas da escola arrobadas. Os criminosos levaram um botijão de gás de conzinha, uma geladeira e toda a merenda que se encontrava na cantina.

A escola fica as margens da PI-115, que liga Campo Maior a municípios como Juazeiro e Castelo do Piauí, e já é as segunda vez que os criminosos arrombaram o local. Em abril de 2015 a mesma escola foi alvo de ação parecida.

Fonte: campomaioremfoco


17 / 06 / 2016 - as 12:48

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí, através da Delegacia Geral da Polícia Civil, em Teresina, divulgou foto e nomes dos quatro suspeitos de estupro coletivo ocorrido na cidade de Sigefredo Pacheco, no último dia 03 de junho. À tarde, durante a prisão dos quatro no Complexo de Polícia de Campo Maior, o Em Foco já havia fotografado um dos suspeitos.

 

Os quatros suspeitos foram apresentados à imprensa da capital no início da noite desta quinta-feira, mas permaneceram de costas para cinegrafistas e fotógrafos. O delegado Laércio Evangelista disse que os quatros rapazes confessaram o crime. Em Campo Maior, segundo o Agente Pedro Filho, em depoimento preliminar, eles disseram que não praticaram sexo com a vítima e que ele já havia “ficado” com outro homem que não aparece no vídeo divulgado nas redes sociais.

 

Os rapazes foram identificados por Sérgio Emerson Saraiva Rodrigues, de 18 anos; Francisco das Chagas Ribeiro Filho, de 23 anos; Paulo Henrique Bezerra, de 25 anos; e Tiago de Oliveira Melo, de 27 anos. Segundo apurou o Em Foco, dois deles são filhos de comerciantes, um trabalhava em uma oficina de motos e o outro era cuidador de animais.

 

Anderson, o quinto suspeito, conseguiu fugir porque ainda não tinha chegado à delegacia, quando soube que os outros colegas seriam presos. Pedim disse que eles alegaram que não chegaram a praticar sexo com a garota e que a mesma já estava embriagada que eles a encontraram. "Eles disseram que ela já teria transado com outra pessoa que não estava no momento da filmagem", frisou o Agente Pedro Filho "Pedim". Outra informação prestada por eles é que vítima tem dois filhos.

Fonte: campomaioremfoco


16 / 06 / 2016 - as 16:46

Polícia Civil prendeu na tarde desta quinta-feira, 16, três dos suspeitos do estupro coletivo na cidade de Sigefredo Pacheco, a 160 km de Teresina. A informação foi confirmada pelo delegado geral Riedel Batista.

Segundo o delegado geral, a polícia já havia identificado cinco suspeitos do crime. Três deles foram presos na região do município de Campo Maior sob o comando do delegado Laercio Evangelista com o apoio do Greco - Grupo de Repressão ao Crime Organizado.

O crime aconteceu durante os festejos da cidade de Sigefredo Pacheco no início do mês, quando a garota de 20 anos, teria encontrado com amigos que lhe ofereceram bebida. O grupo gravou a garota desacordada em um carro exibindo suas partes íntimas, chegando a tocá-las enquanto riem e debocham da situação. As imagens acabaram circulando na cidade através de redes sociais.

Em depoimento à polícia, a jovem contou que conhecia três dos cinco acusados e que eles haviam lhe oferecido dinheiro para não denunciar o fato. Temendo retaliação e julgamento na pequena cidade de 9 mil habitantes, a vítima veio para a capital.

Nesta terça-feira (14) a garota realizou atendimento no Serviço de Apoio à Mulher Vítima de Violência Sexual (Samvis), bem como exames e atendimento contra doenças sexualmente transmissíveis.

Fonte: cidadeverde.com 

 


14 / 06 / 2016 - as 16:57

A Polícia Civil do Piauí está investigando mais um estupro coletivo, dessa vez, ocorrido na cidade de Sigefredo Pacheco, Norte do estado, a 160 km de Teresina. O caso veio à tona após um vídeo e fotos circularem pelas redes sociais. As imagens, segundo a polícia, mostram quatro rapazes e pelo menos dois deles tocam a vagina da jovem, que está desacordada e não esboça nenhuma reação. O crime foi praticado dentro de um carro. 

A vítima é uma jovem de 21 anos. A polícia ainda não sabe a data em que o fato ocorreu. No vídeo, é possível ouvir ainda um dos rapazes falar de forma irônica: "amanhã todo mundo preso em Sigefredo Pacheco". Este é o quarto estupro coletivo registrado no Piauí em um ano, três em menos de um mês.

A jovem realizou exames no Serviço de Atendimento à Mulher Vítima de Violência (Sanvis) da Maternidade Dona Evangelina Rosa em Teresina e foi encaminhada ao Instituto Natan Portela para tomar um coquetel de medicamentos que evita a contaminação por doenças sexualmente transmissíveis. Ela vai prestar depoimento na Delegacia Geral em Teresina na tarde desta terça-feira (14).

Fonte: G1 PI


29 / 09 / 2015 - as 14:11

A Prefeitura Municipal de Sigefredo Pacheco há 160 km ao Norte de Teresina, recebeu do FPM, Fundo de Participação do Município R$ 345 mil reais e FUNDEB, Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica, R$ 497 mil, totalizando a quantia de R$ 840 mil, apenas no mês de agosto deste ano.

As informações obtidas no site do Tesouro Nacional mostram detalhes quanto à transferência do dinheiro para os gastos administrativos e educação pública do Município.

Fonte: Tesouro Nacional



PUBLICIDADE