12 / 01 / 2017 - as 10:32

Quem gosta de usar o mensageiro adquirido pelo Facebook em sua versão web ganha mais motivos para usá-lo fora dos telefones. WhatsApp Web ganhou novas funções e um visual melhorado em uma atualização enviada ainda nesta quinta-feira, 12 de janeiro.

A novidade acompanha o último update lançado ao app para Android e iOS, que ganhou uma ferramenta de procura de GIFs e o aumento do limite de mídias para 30 fotos ou vídeos. A lista abaixo mostra as mudanças encontradas na opção para web:

A tela do WhatsApp Web agora é em tela cheia

Agora é possível procurar emojis diretamente na tela de figuras usadas recentemente

Suporte a contatos múltiplos foi adicionado

Consegue imaginar a descrição de emojis somente ao olhar para eles? Então escreva com o que a figura se parece na nova barra do WhatsApp Web para conseguir encontrar o desenho certo a ser enviado na conversa.

Naturalmente, é válido lembrar que, para utilizar o WhatsApp Web, é preciso ter uma conta no app para Android, iOS ou Windows Phone.

A partir daí basta navegar nos ajustes, achar o nome da plataforma e ler o QR Code com a câmera do aparelho. 

Fonte: TudoCelular


11 / 01 / 2017 - as 23:08

A saudade de Nazaré Tedesco continua pautando a internet. Depois do GIF da personagem confusa girar o mundo, agora é a vez de 'logo eu'. Não conhece ainda? A gente explica! A brincadeira é baseada em uma cena de 'Senhora do Destino' na qual a vilã diz 'Tentou  me derrubar? Logo eu? Nazaré Tedesco'.

Um usuário adaptou o texto para fazer uma piada e, a partir daí, começaram a 'pipocar' várias versões para situações no estilo 'quer ensinar o padre a rezar missa?'. Confira:

Fonte: Ego

 


03 / 01 / 2017 - as 11:05

"Deu onda", funk do MC G15, liderou os rankings de audição e vendas na web no Brasil no dia 31 de dezembro e segue em primeiro lugar no dia 1º de janeiro no Brasil. Desde o início da última semana de 2016, a música é a mais ouvida em streaming no país no Spotify, Apple Music e Deezer, e mais vendida no iTunes.

O cantor carioca que mora em SP começou com uma surpreendente liderança a disputa pelo hit do verão brasileiro. Ele conseguiu desbancar sucessos atuais de nomes mais conhecidos como Wesley Safadão, Marília Mendonça, Roberto Carlos, The Weeknd e outros.

"Deu onda" estreou direto no 1º lugar no iTunes, no dia 26 de dezembro, e não saiu da posição. No Spotify, a faixa do verso "meu fechamento é você, mozão" tem quase o dobro de execuções do que o 2º lugar (757 mil por dia, contra 317 mil de "Hear me now", de Aloc).

Versões 'light' e 'proibidona'

Os serviços digitais de streaming têm a "versão light" de "Deu onda", com letra que exclui os palavrões da versão original do funk, lançada no final de novembro e já com 16 milhões de audições no YouTube.

O clipe com a faixa sem palavrões, lançado há 10 dias, já tem cerca de 32 milhões de acessos. Destes acessos, 5 milhões aconteceram entre 20h do dia 31 e 15h do dia 1º.

A música segue uma vertente atual chamada "funk rasteirinha", com andamento mais lento e mais melódica do que outros funks. Em redes sociais, "Deu onda" já foi citada por famosos como Anitta, Neymar, Latino e Kéfera.

O funk não chegou às mais ouvidas das rádios, dominadas por música sertaneja. A faixa mais ouvida no dia 31 foi "Homem de família", de Gusttavo Lima, segundo ranking da Connect Mix e "Solteiro apaixonado", de Marcos & Belutti, segundo monitoramento da Crowley.

Fonte: G1


28 / 12 / 2016 - as 16:37

MC Kátia resolveu falar sobre a polêmica envolvendo seu nome. Na segunda-feira, 26, a cantora Ludmilla virou o assunto mais comentado nas redes sociais, após aparecer em um vídeo se recusando a tirar foto com fãs e fingindo ser outra pessoa.  "Meu nome é Kátia", diz Ludmilla no vídeo (confira logo abaixo) que virou sensação na internet.

A funkeira resolveu se pronunciar depois das mensagens publicadas por fãs em sua página no Facebook. Nelas, eles dizem que Ludmilla teria usado seu nome de forma pejorativa.

"Ela sabe que eu sou uma porta voz dos bailes das comunidades do Rio. Talvez tenha usado meu nome para ter um respeito maior dos moradores. Meus fãs acham que ela me discriminou, me chamando de favelada, mas não tem nada disso. Ela não me discriminou. Tenho respeito por ela, sou fã, e sei que ela sente o mesmo por mim”,  afirma Kátia.

Entenda a polêmica

A funkeira estava em uma roda de amigos, regada com muita cerveja e comemorando a folga de fim de ano em uma praia no Rio de Janeiro. Um grupo de pessoas se aproxima e pede uma foto. "Ei, Ludmilla, posso tirar uma foto?", diz um rapaz. Um amigo da famosa diz que o fã está se confundindo e que aquela não é a cantora, que pelo rosto e pela voz é inconfundível. "Se não é a Ludmilla é quem, a MC Beyonce?", diz o fã lembrando o passado da cantora.

No início da carreira, a ex-moradora de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, usava o nome da cantora americana para fazer suas apresentações. No entanto, por questões judiciais e por pertencer à Som Livre ela teve que abdicar de tal nome, usando o Ludmilla.

A cantora diz então ai fã: "Meu nome é Kátia". O nome dado pela funkeira ficou entre os assuntos mais comentados da internet. Muita gente começou a fazer brincadeiras em torno do assunto. Alguns seguidores, inclusive, invadiram o Instagram da artista, fazendo várias declarações de ódio.

Fonte: Com informações do Extra


13 / 12 / 2016 - as 11:24

Jota A ilustra o apelido dado ao senador piauiense pelos executivos da Odebrecht para o pagamento de propina.

Fonte: Jota A - Jornal O Dia


08 / 12 / 2016 - as 15:14

O WhatsApp pode ser o aplicativo de mensagens mais popular do Brasil, mas está longe de ser o melhor. Existem concorrentes muito mais eficientes em diversas tarefas, embora nenhum tenha tantos usuários quanto o app de ícone verde que pertence ao Facebook.

Uma das melhores alternativas é o Allo, desenvolvido pelo Google. Mais do que um simples mensageiro, esse app é quase uma janela de bate-papo privada com a inteligência artificial do Google, provendo mensagens de texto, vídeo ou áudio entre contatos e muito mais.

 

Nesta semana, o app ficou ainda mais completo, graças a uma atualização disponibilizada especialmente para os brasileiros. Confira abaixo alguns motivos pelos quais você deveria aposentar o WhatsApp e começar a usar um aplicativo bem mais completo como o Allo.

1 - O Allo é mais inteligente

Um dos melhores recursos do Allo é o Google Assistente, um sistema de inteligência artificial que conversa com o usuário por texto como se fosse uma pessoa de verdade. Com ele, é possível ter acesso a diversas funções e informações instantâneas da internet com apenas alguns toques. Nada que o WhatsApp seja capaz de fazer.

Quer saber quando o seu time joga? Mande uma mensagem para o Assistente perguntando. Está marcando de ir ao cinema numa conversa com um amigo? Convide o Assistente para a conversa e pergunte-o sobre os filmes em cartaz. Usar o Allo é como ter o Google na ponta dos dedos, sem precisar sair e trocar de aplicativo.

2 - O Allo é mais leve

No Android, o Google Allo ocupa menos de 40MB da memória interna, enquanto o WhatsApp pode ultrapassar os 70MB - mesmo sem mensagens, imagens ou vídeos armazenados. Já que o Allo também usa sua agenda para carregar os contatos, não é preciso manter o WhatsApp instalado ocupando espaço inútil.

Com uma interface bem mais simples e recursos minimalistas, executando a maior parte do seu processamento na nuvem, o Allo é também uma dor de cabeça a menos para o seu celular, rodando em qualquer dispositivo intermediário ou dos mais baratos - sem travar ou engasgar o sistema.

3 - O Allo permite maior integração com o Google

Se você é usuário de outros serviços do Google, como o Gmail, o Chrome, o Maps e os apps básicos do Android como um todo, você certamente sentirá os benefícios de usar um aplicativo de mensagens integrado a tudo isso.

Ligado à sua conta do Google, o Assistente do Allo pode localizar rapidamente compromissos na sua agenda, contatos do seu telefone, locais de interesse na sua cidade (o endereço da sua casa e do trabalho, por exemplo) e até suas preferências de pesquisa. Tudo a um simples comando de distância, por texto ou voz.

4 - O Allo é mais útil

Diga a verdade: você só tem o WhatsApp instalado no smartphone porque quase todos os seus contatos só usam ele. No fundo, o WhatsApp é mais uma obrigação do que um app verdadeiramente útil, sendo que vários outros aplicativos podem fazer o mesmo que ele e muito mais.

O Allo é um bom exemplo. Mais do que um mensageiro, o app é um canal de comunicação direto com o Google. É como ter toda a inteligência artificial da empresa à sua disposição para conversar e te informar de forma rápida e simples. O WhatsApp, por sua vez, é só um mensageiro, e nem é dos mais completos.

5 - O Allo é mais divertido

Não existem muitas opções de formatação para as suas mensagens no WhatsApp. Você pode usar alguns códigos para deixar o texto em negrito ou itálico, mas não pode mudar o tamanho da fonte ou adicionar stickers à conversa, apenas emojis.

Nesse sentido, o Allo é mais "divertido" de usar. Além de inserir o Assistente na conversa para conferir respostas engraçadas, você tem à disposição joguinhos virtuais, stickers e pode muito bem aumentar o tamanho da fonte para maior dramaticidade. O Allo enche os olhos, enquanto o WhatsApp é um tanto monótono.

Fonte: Olhar Digital


24 / 11 / 2016 - as 11:45

Solange Almeida resolveu alçar voo solo. A cantora revelou em entrevista exclusiva ao EGO que fará em 2017 seu primeiro trabalho sem o grupo Aviões do Forró. O projeto será a gravação de um DVD em show agendado para o dia 8 de fevereiro do ano que vem na casa de espetáculos Citibank Hall, em São Paulo. Com o título provisório “De um jeito diferente”, o DVD pretende mostrar toda a diversidade musical de Solange.

“Quase todo mundo sonha em fazer um projeto só seu e a ideia é preparar um DVD parecido comigo. Não existe uma classificação de gênero porque ele vai ser meio pop, sertanejo e também forró, claro. Estou no processo de audição do repertório. Compus algumas ‘sofrências’ com parceiros, mas também estou apostado bastante em novos compositores. Tenho recebido cada ‘modão’ (risos)”, disse ela sobre o projeto – que será assinado pelo instrumentista e produtor musical Laércio da Costa.

Solange, que fez um ensaio fotográfico para divulgar o trabalho, promete surpresas para a gravação do DVD. O show contará com participações especiais, incluindo um grande nome da música brasileira e um convidado internacional.

Ela não para!
Nos últimos dias, a rotina de Solange Almeida tem se resumido à ponte aérea para que ela consiga conciliar sua agenda de shows com os ensaios do DVD na capital paulista. As próximas semanas também prometem ser de muito trabalho para a cantora. Solange gravará uma sequência de videoclipes para divulgar na internet algumas músicas que entrarão no DVD, como “A dona da po*** toda” e “Duas e 23”.

Apesar do projeto, Solange segue com a agenda do grupo Aviões do Forró: “Xand (que divide com Sol os vocais da banda de forró) é um dos meus maiores incentivadores, assim como todos os meus colegas de trabalho”, afirmou a cantora.

Fonte: EGO


19 / 11 / 2016 - as 14:56

Advogados Augusto Pereira, Agenor Leite e Empreendedor Roberto Doca e Paulinho da Marinlar visitaram estúdios da Rádio Meio Norte neste sábado (19).

Roberto Doca, Paulinho da Marinlar e Jornalista Pedro Borges

Redação Fato



PUBLICIDADE