21 / 11 / 2018 - as 12:32

Um grupo de assaltantes invadiu duas casas e roubou três veículos durante a tarde de terça-feira (20), na Zona Norte de Teresina. Uma das invasões foi na casa de uma policial militar. De acordo com a PM, ninguém foi ferido. Os bandidos fugiram levando alguns objetos das casas e um dos automóveis roubados.

O primeiro crime aconteceu por volta de 14h de terça-feira, no bairro Aeroporto, na Zona Norte da capital. De acordo com informações repassadas pela PM, os três homens armados pularam o muro da casa da policial. Dentro da casa estavam a policial, sua mãe e duas filhas, que foram rendidas pelos criminosos. A policial não tinha nenhuma arma em casa, já que trabalha nos setores administrativos da Polícia Militar.

De acordo com informações do 9º Batalhão de Polícia Militar, nem a policial ou seus familiares foram feridos pelos criminosos. Após o crime, os assaltantes fugiram levando diversos objetos e o automóvel da policial.

O segundo crime aconteceu na rua Ana Cordeiro no bairro Ininga, Zona Leste de Teresina. Os criminosos assaltaram um homem que estava na porta de uma residência, roubaram uma caminhonete e abandonaram o carro da policial militar. A caminhonete pertencia à Secretaria de Planejamento do Estado.

Minutos depois, os criminosos invadiram a segunda residência, localizada também no bairro Ininga. Segundo informaçõres repassadas pelo 9º Batalhão da Polícia Militar ,os bandidos renderam o dono da casa e fizeram um arrastão no local, levando inclusive aparelhos eletrônicos. O grupo fugiu levando o automóvel das vítimas.

Fonte: G1PI

 


19 / 11 / 2018 - as 10:53

 
 
Todo o material estava em um apartamento na zona leste de Teresina. Artur Alencar Nascimento conseguiu fugir. Ele é acusado, ao lado de outros dois comparsas, de roubo de veículos e do arrombamento a uma loja de venda de aparelhos celulares.
 
Mais informações com o Delegado Canabrava

17 / 11 / 2018 - as 12:53

Um  acidente com o ônibus da banda Gatinha Manhosa deixou uma pessoa morta na tarde desta sexta-feira (16) em Simplício Mendes, no Sul do Piauí. Segundo o irmão do cantor Edson Lima, o também cantor Batista Lima, o ônibus tombou ao tentar desviar de uma moto que atravessou a pista. O motoqueiro morreu na hora. O acidente ocorreu na BR-020 por volta das 16 horas. 

"Foi um susto, mas está tudo bem com o Edson. Uma moto entrou de vez e o ônibus teve que desviar e virou. Não teve nada grave com ninguém, a não ser o cara da moto que foi a óbito. Mas na banda está todo mundo bem", disse ao Cidadeverde.com.

Uma foto divulgada nas redes sociais mostra o cantor Edson Lima falando ao telefone. A banda tinha show nesta sexta em Araripina, Pernambuco.

A Polícia Rodoviária Federal informou que o acidente foi do tipo colisão transversal seguido de tombamento com uma vítima fatal - o motociclista - e aproximadamente dez vítimas com lesões leves que eram os passageiros do ônibus da banda Gatinha Manhosa. As vítimas foram socorridas pelo Samu para o Hospital Estadual José de Moura Fé.

O condutor do ônibus foi identificado como Leandro Carvalho Batista que teve lesões leves e o piloto da moto, uma Honda CG sem placa, Jilson Santana. 

"Cumpre informar a todos que, apesar do local onde ocorreu o acidente se tratar da BR 020, tal trecho da citada rodovia não está sob circunscrição/atuação da PRF", declarou o inspetor Welendal Tenório, superintendente da PRF. 

Fonte: cidadeverde.com

 


16 / 11 / 2018 - as 09:46

Um casal foi preso dentro de um motel na cidade de Floriano, a 247 km de Teresina, suspeitos de cometer um assalto contra um idoso horas antes. A Polícia Militar flagrou e prendeu os dois, e conseguiu recuperar o dinheiro roubado da vítima.

De acordo com a Polícia Militar, o assalto aconteceu durante a madrugada de quinta-feira (15), na Avenida Calisto Lobo. Um homem foi abordado na rua por um casal, que estava a pé e ameaçou a vítima com uma faca. Os assaltantes levaram cerca de R$ 540 da vítima e fugiram.

Segundo a Polícia Civil de Floriano, horas depois os policiais militares souberam que o casal havia entrado em um motel da cidade, através do taxista que deixou os dois no local. Os policiais se dirigiram até o motel e prenderam os dois, ainda com o dinheiro roubado da vítima.

De acordo com a Polícia Civil, os suspeitos foram identificados como Marcos Antônio Barros e Dorivane da Silva Pereira, e encaminhados para a Delegacia de Floriano, por volta das 5h. Ambos têm passagem pela Justiça.

Fonte: G1 PI

 


16 / 11 / 2018 - as 09:40

O feriado prolongado neste final de semana começou com dados assustadores. Logo nas primeiras horas de operação nas rodovias federais no Piauí, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) já registrou três acidentes com dois feridos e duas mortes. A PRF está com 200 policiais atuando nesta operação, que será encerrada às 23h59 de domingo (18). 

Os acidentes ocorreram nas cidades de Teresina, Piripiri e Floriano.  O boletim parcial foi divulgado pela PRF por voltadas 15 horas desta quinta-feira (15). 

Os dados informados pelo inspetor Jean Paiva também contabilizou que três pessoas foram multadas por alcoolemia e, dessas, uma foi presa.
Em entrevista ao Jornal do Piauí, o inspetor ressaltou que o maior fluxo de veículos está em direção ao litoral piauiense. A fiscalização está mais concentrada neste trecho.

Paiva recomenda que os condutores tenham mais prudência no trânsito. Ele comentou que as rodovias estão em bom estado de conservação, com exceção da BR 135, que requer uma maior atenção. 

"Nós sabemos que mais de 95% dos acidentes são causados pela conduta inadequada de quem está ao volante. O excesso de velocidade é a infração que mais temos observado nos últimos tempos. Na verdade, essa é uma infração que sempre existiu, mas nós não tínhamos radares, mas agora temos e estamos intensificando essa fiscalização".  

Paiva acrescenta que o excesso de velocidade, na maioria das vezes, está alinhada a ultrapassagem indevida (faixa continua, acostamento). Essa combinação pode levar a ocorrência de graves acidentes.  Os condutores também estão sujeitos ao pagamento de multas e contagem de pontos na Carteira Nacional de Habilitação. 

Fonte: cidadeverde.com

 


14 / 11 / 2018 - as 10:31

O suspeito de matar Lara Fernandes, a jovem encontrada morta às margens do rio Parnaíba, na Zona Norte de Teresina, é um ex-namorado da vítima, informou o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) ao G1, nesta terça-feira (13).

De acordo com o delegado Francisco Costa, o Barêtta, o homem ainda não foi preso, mas é procurado pela polícia.

"Já estamos diligenciando para capturá-lo, para que ele seja preso o mais cedo possível. É uma pessoa que tinha um relacionamento com ela e que tem uma vida pregressa, responde a processo por roubo e por furto", informou o delegado Barêtta.

Lara Fernandes foi morta com um disparo de arma de fogo na cabeça. "Foi a curta distância, muito grande. Não tinha chance de ela sobreviver. Ainda não foi detectado o calibre, mas o Instituto de Criminalística está fazendo o exame de balística”, afirmou o delegado.

O caso é investigado pelo Núcleo de Feminicídio do DHPP, procedimento adotado em todos os casos de morte violenta de mulheres, não necessariamente significando que ela foi vítima de violência por questões de gênero.

O crime

Por volta das 6h da manhã do dia 7 de novembro, um barqueiro viu o corpo boiando na água, o empurrou para a margem e acionou a Polícia Militar. Até esse momento, não havia identificação da vítima.

O DHPP solicitou exame papiloscópico no corpo e divulgou a informação de uma tatuagem no ombro, que ajudou na identificação. "O nome da própria filha, que foi o que indicou quem era", contou um familiar, que preferiu não ser identificado.

A polícia ainda não divulgou as possíveis causas do crime. "Somente na conclusão do inquérito vamos delinear tudo", pontuou o coordenador do DHPP, delegado Barêtta.

Fonte: G1 Pi

 

 

 

 


14 / 11 / 2018 - as 10:18

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) será interrogado hoje (14), a partir das 14h, em Curitiba. Ele será transportado de carro da carceragem da Superintendência da Polícia Federal onde está preso, desde abril, para a sede da Justiça Federal, ambas na capital paranaense. Será a primeira vez que ele deixará a superintendência em sete meses.

Lula vai depor em um dos processos da Operação Lava Jato relativo ao sítio Santa Bárbara de Atibaia (SP). A juíza federal substituta Gabriela Hardt vai conduzir a oitiva. O ex-presidente foi condenado a 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro em outro processo, o caso do triplex em Guarujá (SP).

Gabriela Hardt, da 13ª Vara da Justiça Federal, substitui o juiz federal Sergio Moro, que aceitou ser ministro da Justiça do governo eleito Jair Bolsonaro. De férias e informando que irá pedir exoneração do cargo, Moro é substituído por Hardt.

Caso
O ex-presidente foi denunciado por recebimento de propina das construtoras OAS e Odebrecht. Outras 12 pessoas também estão denunciadas no processo. Lula nega as acusações e diz não ser dono do sítio. De acordo com as investigações, foram feitas reformas e melhorias no patrimônio.

Pelas investigações, as reformas no sítio começaram após a compra da propriedade pelos empresários Fernando Bittar e Jonas Suassuna, amigos de Lula. No laudo elaborado pela Polícia Federal, em 2016, os peritos citam as obras que foram realizadas, entre elas a de uma cozinha avaliada em R$ 252 mil.

A estimativa é de que tenha sido gasto um valor de cerca de R$ 1,7 milhão, somando a compra do sítio (R$ 1,1 milhão) e a reforma (R$ 544,8 mil). A defesa de Lula sustenta que a propriedade era frequentada pela família do ex-presidente, mas ele não é proprietário do sítio.

O empresário José Carlos Bumlai, amigo do ex-presidente da República, e réu por lavagem de dinheiro na mesma ação penal deverá ser interrogado hoje também.

Fonte: Agência Brasil

 

 


10 / 11 / 2018 - as 12:04

Um homem identificado como Lusberry Moura morreu na tarde desta sexta-feira, 09, em um grave acidente no município de Balsas-MA.Lusberry é natural de Oeiras, no Piauí.
 
Lusberry era caminhoneiro e ao perder o controle do veículo, a carreta desceu um aterro e pegou fogo logo em seguida.
No acidente, com a carreta pegando fogo, Lusberry teve parte do corpo carbonizada.
 
meionorte
 


PUBLICIDADE