19 / 09 / 2018 - as 11:52

O candidato a deputado estadual Devan Eugênio (PR) reuniu vários simpatizantes e realizou, na tarde dessa terça-feira (18/09), a primeira caminhada da 'Onda Amarela', que teve concentração na Chácara Eugênio, em Campo Maior.
'Devan Devan', como é mais conhecido, acompanhado dos irmãos Dernon e Dra. Helderlene, estiveram com militantes e percorreram várias ruas do bairro Lourdes, avenida Santo Antônio e parte da Orla do Açude, onde discursou rapidamente.
 
Uma das propostas, segundo ele, é lutar pela internet grátis pelos jovens e falou das necessidades de mais oportunidades de emprego na cidade.
'Devan Devan', como é mais conhecido, acompanhado dos irmãos Dernon e Dra. Helderlene, estiveram com militantes e percorreram várias ruas do bairro Lourdes, avenida Santo Antônio e parte da Orla do Açude, onde discursou rapidamente.
 
Fonte Portal 180grau

19 / 09 / 2018 - as 09:28

O Ibope divulgou nesta terça-feira (18) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. A pesquisa ouviu 2.506 eleitores entre domingo (16) e terça-feira (18).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes:

 

Fonte: G1

 


19 / 09 / 2018 - as 09:04

Na tarde desta terça-feira (18), cinco candidatos ao Governo do Estado do Piauí apresentaram suas propostas e debateram temas de relevância para a atual conjuntura do Estado durante debate promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí. O evento, que teve mediação do jornalista Bartolomeu Almeida, ocorreu no Auditório da Instituição e foi prestigiado pelos dirigentes da Ordem, jornalistas, assessores e profissionais da advocacia.

Temas como “Proteção a Mulher”, “Educação”, “Pessoa Idosa”, “Segurança Pública”, “População LGBTI”, “Criança e Adolescente”, dentre outros, estiveram entre os assuntos abordados pelos candidatos Valter Alencar (PSC), Fábio Sérvio (PTSL), Luciano Nunes (PSDB), Professora Sueli (PSOL) e Elmano Férrer (PODEMOS). Os candidatos Wellington Dias (PT) e Dr. Pessoa (SOLIDARIEDADE) não compareceram ao debate, sob justificativa de incompatibilidade de agendas.

Dando suporte jurídico, o debate contou ainda com a participação de advogados da Comissão de Direito Eleitoral da Ordem, que acompanharam a ocasião e decidiram sobre o direito de reposta solicitado pelos candidatos. 

No primeiro bloco, os candidatos apresentaram suas propostas aos eleitores. Cada um teve um minuto para fazer sua apresentação, de acordo com a ordem definida em sorteio. Em seguida, o presidente da OAB-PI, Chico Lucas direcionou uma pergunta aos candidatos sobre a possibilidade de iniciativas a serem implantadas em seus eventuais governos para o combate do déficit previdenciário.

No segundo bloco, cada candidato teve dois minutos para apresentar sua proposta sobre os temas definidos pelas Comissões Temáticas da Ordem. Ainda no mesmo bloco, também foi feito sorteio para que os candidatos comentassem a proposta apresentada anteriormente, em um minuto.

Já no terceiro bloco, os jornalistas dos veículos de comunicação do Estado credenciados e da TV OAB fizeram suas perguntas aos candidatos. Temas como corrupção, ensino na UESPI, Porto da cidade de Parnaíba, feminicídio, suicídio, dentre outros, fizeram parte dos questionamentos direcionados aos candidatos, que tiveram dois minutos e trinta segundos para cada resposta.

Posteriormente, o debate foi palco do bloco Candidato pergunta Candidato. Em 30 segundos, os candidatos formularam perguntas de temas livres aos seus opositores, que tiveram 2 minutos para responderem. Cada um teve direito à réplica e tréplica, ambas no tempo de 30 segundos.

Por fim, os candidatos fizeram suas considerações finais, ressaltando os motivos pelos quais devem vencer as eleições 2018. O “Debate Eleições Estaduais 2018” possibilitou que os eleitores piauienses tivessem acesso às propostas e ideias apresentadas pelos candidatos para que pudessem escolher seus representantes no dia 07 de outubro.

Assessoria de Comunicação da OAB-PI

 

 


19 / 09 / 2018 - as 09:03

A caminhada já tem tradição e acontece todas as eleições no centro da Capital Pioauíense. Todos os candidatos do PCdoB levam bandeiras e panfletos com as propostas. Hoje Elizangela Moura vai está em Ipiranga  e em Valença do Piauí


18 / 09 / 2018 - as 16:56

Exatos vinte dias para as eleições, o governador Wellington Dias (PT) continua na liderança da corrida ao governo do Estado. É o que mostra a pesquisa do Instituto Opinar divulgada nesta terça-feira (18).

Pelo levantamento, o governador - que tenta à reeleição - tem 39,93% das intenções de voto, oscilando dois pontos percentuais para cima e ficando dentro da margem de erro em comparação com a última pesquisa que estava com 37,15% (05/09). Pelos números, se a eleição fosse hoje, o governador seria eleito no primeiro turno das eleições.

 

A pesquisa entrevistou 1.082 eleitores entre os dias 13 a 16 de setembro em 59 municípios piauienses.

Pelo levantamento, o candidato Dr. Pessoa (Solidariedade) foi o que mais cresceu ficando com 18,02% das intenções de votos, quando na pesquisa anterior ele tinha 13,59%. 

O candidato do PSDB, Luciano Nunes, também registrou crescimento passou de 10,35% dos votos para 11,74%. O candidato do PSL, Fábio Sérvio pontuou em 1,11% .

O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número PI-02809/2018 (cargos governador, senador, deputado estadual e federal) e BR-06496/2018 (cargo presidente).

Entre os entrevistados, 13.03% disseram não saber em quem votar e 12,75% afirmaram que votariam em nenhum candidato, nulo ou branco.
A margem de erro é de 2,97% para mais ou para menos. Nível da confiança é de 95%.

cidadeverde

 


15 / 09 / 2018 - as 12:01

O canditado a  Deputado Estadual Paulo Martins (PT) e o Prefeito Campo Maior  Professor Ribinha e a primeira dama Nilzana Gomes juntamente com amigos da coligação visitaram o Bairro de Flores nessa sexta,14.


15 / 09 / 2018 - as 11:19

 (FOLHAPRESS) - Por uma vaga no segundo turno, o candidato do PDT à sucessão presidencial, Ciro Gomes, iniciou estratégia para tentar brecar transferência de votos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad.
A última pesquisa Datafolha, divulgada nesta sexta-feira (14), mostra um empate técnico entre os dois candidatos de esquerda, que apresentam 13%, atrás apenas de Jair Bolsonaro, do PSL, com 26%.
Até o final de setembro, Ciro aumentará agendas de campanha no Nordeste e no Norte, regiões onde petistas costumam ter melhor desempenho em disputas presidenciais.
O Nordeste foi a região em que Haddad mais cresceu nesta semana em que foi confirmado como candidato no lugar de Lula: de 13% na segunda (10) para 20%, ultrapassando numericamente Ciro, que agora tem 18%, mas empatando com o pedetista na margem de erro de dois pontos.
No Norte, Haddad cresceu dois pontos e Ciro caiu dois, dentro da margem de erro, resultando em empate técnico.
Ciro pretende, nas duas regiões, adotar uma espécie de discurso híbrido. A ideia é que, ao mesmo tempo em que reforce a defesa do ex-presidente petista, ele aumente as críticas aos erros do partido, buscando, assim, avançar sobre parcela dos eleitores lulistas, mas sem atrair a rejeição da sigla.
A avaliação na equipe de campanha é de que o período de transição na campanha petista deve durar cerca de duas semanas, intervalo em que os eleitores começarão a associar de maneira mais clara a imagem de Lula a de Haddad.
Neste período, o desafio de Ciro é o de evitar que os votos de eleitores de Lula que ainda estão voláteis desde sua saída do quadro eleitoral se tornem convictos em Haddad. Caso eles se cristalizem, o diagnóstico é de que dificilmente podem ser revertidos.
Hoje, 28% dos eleitores que dizem que pretendem votar em Haddad admitem que podem escolher outro candidato no primeiro turno, universo que será o foco de atuação de Ciro. O índice, porém, já é menor que os 33% do último dia 10.
Nesta sexta-feira (14), o pedetista iniciou um périplo pelos estados do Norte, que se estenderá até o início da próxima semana. A agenda de campanha inclui corpo a corpo com eleitores, eventos com candidatos locais e carreatas com aliados.
Na sequência, a ideia de Ciro é de desembarcar novamente no Nordeste, região que percorreu na semana passada. Ele pretende visitar a Bahia, o Piauí, Alagoas e Pernambuco.
"O desafio dele é, sem ser petista, ganhar voto do PT. E, sem ser antipetista, ganhar o voto de quem rejeita o PT", resumiu o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi.
Entre os eleitores que dizem preferir o PT, Ciro, no entanto, viu suas intenções de voto caírem de 18% para 14%, e a rejeição subir de 14% para 17% nos últimos quatro dias.
 

14 / 09 / 2018 - as 13:22

Na oportunidade o parlamentar e candidato a reeleição prestou contas de suas ações em Brasília e destacou os avanços em todos os setores que destinou emendas ao Estado do Piauí.
Teresina PI – O deputado federal Fábio Abreu esteve em reunião na capital e destacou a população da zona norte de Teresina algumas de suas ações como parlamentar em Brasília destinando recursos ao estado do Piauí. disse também ao público presente “Faço questão de conhecer a realidade de todos vocês”.
 
O candidato a reeleição deputado federal Fábio Abreu esteve na Zona Norte, reunido com lideranças do bairro Buenos Aires. E falou ao Portal Visão Piauí “Sei que posso lutar por melhorias na região, principalmente no que diz respeito à segurança. Conto com o apoio de vocês para dá continuidade ao meu trabalho junto ao povo do Piauí”, finalizou o parlamentar.
 
 
 
Fonte Portal Diario do Sambito.com


PUBLICIDADE