25 / 04 / 2018 - as 08:01

Trata-se de Daiane Pinho Barros, de 27 anos, usuária de drogas e que costumava praticar pequenos furtos e roubos no Promorar, onde residia.

No final da tarde de segunda-feira (23), os agentes do Departamento   de Homicídio e Proteção  a Pessoa, da Polícia Civil,   identificaram o corpo de uma mulher que havia sido encontrado no início da manhã nas margens de uma estrada vicinal no Morro do Carandiru, no Parque Jacinta, zona Sul de Teresina

De acordo com a polícia, trata-se de Daiane Pinho Barros, de 27 anos, usuária de drogas e que costumava praticar pequenos furtos e roubos no Promorar, onde residia. Próximo do corpo havia uma bíblia e um chinelo, alé deuma lesão na região do pescoço da vítima.

Corpo de Daiane Pinho Barros (Crédito: Rede Meio Norte)

O coordenador da Delegacia de Homicídios, delegado Francisco Costa, o Baretta,  informou que o caso foi encaminhado para Delegacia de Feminicídio.  “Ela saiu de casa no domingo (22) por volta das 20h e logo em seguida um familiar dela informou que três pessoas procuraram a mesma dizendo que ela havia praticado um furto em uma residência e levado alguns bens, dentre eles um aparelho celular. Essa pessoa já está parcialmente identificada, eu inclusive já passei o caso para a delegada Luana, da Delegacia de Feminicídio e que vai apurar todas as circunstâncias em que ocorreram a morte dessa moça”,  garantiu. 

A Polícia Civil investiga agora se a vítima foi forçada a ir até local do crime ou se foi por vontade própria. “A investigação preliminar já foi feita, e agora nós estamos adentrando para a investigação de seguimento. O inquérito policial vai revelar todos os atos em que ocorreu nesse fato criminoso, a motivação em si. O nome do autor no momento é o que menos interessa; o que nos interessa são as circunstâncias  e após isso prender”, declarou. 

Fonte: meionorte

 


22 / 04 / 2018 - as 11:23

O Pelotão Escolar e o Conselho Tutelar foram acionados pela professora Conceição de Maria, diretora de uma creche do município de Floriano para se deslocarem até a Central de Flagrantes para acompanhar uma criança de oito anos de idade que foi deixada pela mãe na instituição de ensino e até o início da noite não tinha ido buscá-la.

Na Central de Flagrantes, no momento em que os policiais militares Sargento Geraldo e Cabo Roberto juntamente com a Conselheira Tutelar Inácia Maria começavam os procedimentos de acompanhar o registro do Boletim de Ocorrência por abandono de incapaz, a senhora Daiana Pereira dos Santos mãe do garoto chegou com sintomas de embriaguez para apanhar a criança.

A criança foi levada de volta para o convívio da mãe pelo padastro que assinou o termo de responsabilidade.

Fonte; meionorte

 


22 / 04 / 2018 - as 11:21

O ex-presidiário e desempregado Antonio Manoel dos Santos, de 22 anos, foi assassinado quando estava na frente de sua casa com amigos e se comunicando no Whatsapp, na Vila Afonso Gil, na zona Sul de Teresina. Por volta das 23h de sábado (21), um automóvel Corolla, parou em frente ao grupo na porta da residência, um homem saiu do carro e efetuou três tiros contra a vítima.

O jovem foi atingido com dois tiros no tórax e um tiro no braço esquerdo. Antonio Manoel , tinha passagem pela polícia e chegou a ser preso acusado de roubo, além de ser dependente químico.

Segundo sua família, em depoimento na Delegacia de Homicídios, Antonio Manoel vinha recebendo ameaça de morte pelo aplicativo de mensagens online Whatsapp. Apesar de ter sido atingido com três tiros na noite de sábado, Antônio Manoel faleceu às 5h de domingo (22), após passar por uma cirurgia no Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Os agentes e delegado da Delegacia de Homicídios, ainda não obtiveram o celular que estava sendo utilizado pelo jovem no momento do seu assassinato, porque a partir das mensagens no celular é possível identificar as causas da morte e localizar o autor do crime.

No tumulto durante o tiroteio, algum amigo que estava no local pode ter levado o smartphone de Antonio Manoel. A investigação está sendo feita pela Delegacia de Homicídios.

Fonte: meionorte

 


21 / 04 / 2018 - as 11:14

Na madrugada deste sábado 21/04, uma guarnição da Polícia Militar da 3º Companhia do 15° Batalhão de Polícia de Campo Maior, composta pelo Sargento Luiz Gonzaga e pelo cabo G. Rego, durante patrulhamento na cidade de Barras, por volta de 02 horas, prendeu em flagrante e conduziu para a delegacia do município de barras, o nacional José Holanda Pereira de Araújo, 36 anos, vulgo (Dede). 

Com o homem foi apreendido uma arma de Fogo (garruncha), uma faca, uma motocicleta Fan 150, com registro de furto e Roubo, 02 celulares e uma quantia de 472,00 Reais. 

Também foi entregue na delegacia um revólver cal. 32 marca taurus n° 152878, com 06 munições do mesmo calibre, que foi apreendido pelos seguranças no local onde estava ocorrendo uma seresta. O 15º Batalhão de Polícia Militar localizado em Campo Maior é comandado pelo Major Etevaldo, que não tem medido esforços para combater a criminalidade em toda a região abrangida pelo batalhão.

Fonte: portaldecampomaior

 


18 / 04 / 2018 - as 10:30

Uma quadrilha, formada por cerca de dez pessoas, arrombou uma joalheria na Rua Barroso, no Centro de Teresina. Na ação, o bando rendeu os vigias noturnos da região e colocaram na frente da loja enquanto cometiam o crime. 

De acordo com o comandante de Policiamento Metropolitano, coronel Márcio Oliveira, eles estavam vestidos de jaquetas com capuz e usando bala clava, que chegaram em três veículos e com material para arrombamentos: maçaricos, pé de cabra, marreta e armados com armas longas, provavelmente, espingardas calibre 12. 

“Eles arrombaram a porta de aço da frente e quebraram as vidraças levando joias e relógios em quantidade que ainda está sendo levantada. Eles não quebraram o cofre e não usaram explosivos na ação, também não foi visto fuzis, pistolas ou metralhadoras com eles”, frisou o oficial da polícia. 

Ele disse que os bandidos tiveram apenas dez minutos para fazer a ação porque o alarme funcionou e uma guarnição do 1º Batalhão chegou ao local em 15 minutos. 

“Eles permaneceram pouco tempo no local, por isso não devem ter levado muita coisa. A Polícia civil e a perícia estão na loja esta manhã fazendo os primeiros levantamentos e recolhendo câmeras de segurança”, afirmou coronel Márcio Oliveira.

O comandante informou ainda que amanhã(19) fará uma reunião com os proprietários de joalherias, juntamente com o comandante do 1º Batalhão, para traçar um plano de segurança para reforçar  o policiamento na região.


fonte:cidadeverde.com

 

 

 


11 / 04 / 2018 - as 21:39

O acidente aconteceu nessa noite de quarta feira, 11, no entroncamento da BR 343 com a Pi  115 que dá acesso ao bairro Alto do Meio em Campo Maior e também a cidade de Castelo do Pi. Segundo testemunhas Maria das Dores Cruz Moura, 48 anos,  pilotava uma moto Biz quando sofreu uma batida de um veiculo ainda não identificado.  Ela caiu com muitos ferimentos na cabeça. Os populares chamaram o SAMU, porém quando a equipe de salvamento chegou ela já estava morta.


07 / 04 / 2018 - as 09:43

Maria do Socorro Correia Leite da Silva, 51 anos,  que mora na localidade Alegria em Campo Maior foi assaltada nessa sexta feira, 06,  quando se encontrava em companhia do marido dela no bairro Flores. "Eu e meu marido estávamos numa parada de ônibus na avenida Surubim e fomos abordado por um casal de bandidos. Ele estava com uma faca e ela com o revólver. Eles puxaram a minha bolsa e apontaram as armas para gente e levaram R$ 1.800,00 reais e os meus documentos", afirma ela.
 
Maria afirma que essa é a primeira vez que foi assaltada e que o dinheiros era oriundo de um auxílio doença que seu marido recebe. "Meu marido tem problemas de saúde e toma medicamentos controlados", afirma Socorro.
 
Para ir embora o casal recebeu doações de algumas pessoas que ficaram sabendo do ato criminoso.
 
Ela procurou a Rádio Meio Norte para, pelo menos, recuperar os documentos: carteira de sus, cartão do bolsa família, cartão do beneficio, identidade, cpf, talão de luz. Os documentos estao em nome de Maria do Socorro Correia Leite da Silva.  
 
Redação portalfato

06 / 04 / 2018 - as 14:57

A Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI) realizou na manhã desta sexta (06) solenidade de transmissão de cargo e posse do novo gestor, Coronel Rubens Pereira, e apresentação do Plano Estadual de Segurança Pública, na sede do Batalhão de Rondas Ostensivas de Naturezas Especiais (BPRONE). 

 

O ex-secretário de Segurança Pública, o Deputado Federal Fábio Abreu, repassou o cargo para o Cel Rubens Pereira e esclareceu que a troca de gestores não irá afastá-lo do compromisso com a segurança pública do estado. “Meu objetivo é colaborar com o Piauí em todos os aspectos e principalmente com a questão da Segurança Pública e é por isso que vamos estar em Brasília buscando de fato ações efetivas nessa área”, reforça Fábio Abreu.

 

O novo secretário de Segurança Pública, coronel da Polícia Militar, Rubens da Silva Pereira, 53 anos, ressaltou seu compromisso com o novo cargo. “Agora em 2018 a intenção é priorizar a aquisição de equipamentos de forma emergencial para que melhore as condições de trabalho e a partir de 2019 a gente passe a executar as ações que demanda mais tempo, previstas no plano de segurança pública.”, explica Rubens Pereira. 

 

A vice-governadora do Estado, Margarete Coelho esteve na solenidade e recebeu a versão final do Plano Estadual e homenageou a todos os envolvidos na elaboração do Plano, que considera um ponto alto da Gestão, “além de ser o primeiro do Estado, é um plano que se preocupa muito com os profissionais e suas condições de trabalho, diferente de tudo que se faz a nível de Brasil e também se preocupa com a prevenção, não se esquecendo em nenhum momento do enfrentamento a violência”, ressalta Margarete Coelho.

 

 

Plano Participativo de Segurança Pública 

 

Com o objetivo de construir, de forma participativa, o primeiro Plano Estadual de Segurança Pública a Secretaria de Segurança Pública do Piauí em parceria com a Secretaria de Planejamento - SEPLAN e a Secretaria de Governo - SEGOV com apoio do PNUD – Programa das Nações Unidas de Desenvolvimento, realizou nos 12 Territórios de Desenvolvimento do Piauí os Diálogos Territoriais: Segurança, participação e desenvolvimento sustentável do Território de Desenvolvimento.

 

Cada plenária aconteceu através da discussão em oficinas divididas em cinco eixos temáticos orientadas pelo texto base normativo: valorização do profissional de segurança pública; governança da segurança; segurança e participação social; prevenção social do crime e violência; segurança e desenvolvimento econômico.

 

Cada Território conhecia através do Núcleo de Estatísticas da SSP-PI o diagnostico criminal da região e ainda o Índice de Desenvolvimento Econômico e Social, demonstrado pela Fundação CEPRO fomentando o debate e apontando as necessidades de cada região do Piauí. As plenárias foram realizadas nos seguintes Territórios e sedes: Entre Rios - sede Teresina,  Vale dos Rios Piauí e Itaueiras – Sede Floriano, Serra da Capivara – Sede: São Raimundo Nonato, Vale do Rio Canindé – Sede: Oeiras,  Cocais – Sede: Esperantina, Planície Litorânea – Sede: Parnaíba,  Guaribas – Sede: Picos, Vale do Itaim – Sede: Paulistana,  Chapada das Mangabeiras – Sede: Bom Jesus, Alto Parnaíba – Sede: Uruçuí, Carnaubais – Sede: Castelo do Piauí.

ascom sspi



PUBLICIDADE