22 / 04 / 2019 - as 10:10

O corpo de um adolescente que havia desaparecido nas águas do rio Gameleira, na cidade de Beneditinos, a 96 km de Teresina, foi localizado durante o início da tarde deste domingo (21). O rapaz tinha 14 anos e havia afogado quando tomava banho com amigos na tarde de sábado (20).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o corpo do garoto foi localizado por moradores, já distante do local onde ele desapareceu na tarde de sábado (20). Os moradores chamaram os bombeiros, que faziam buscas na região, para remover o adolescente do rio Gameleira.

O garoto se afogou quando brincava com amigos no rio Gameleira. “Eles estavam pulando na água em um local, descendo na correnteza, e saindo em outro local. Numa dessas, ele não conseguiu sair”, explicou o tenente Hélio Sousa, do Corpo de Bombeiros.

Ainda de acordo com o tenente Hélio, a forte correnteza pode ter causado o afogamento do adolescente. “A correnteza está muito forte no momento. Mesmo conhecendo o rio, é perigoso”, comentou.

Fonte: G1Pi

 


17 / 04 / 2019 - as 09:29

Um idoso de 79 anos, identificado como Raimundo Nonato, morreu após ser atropelado na porta de casa no bairro Satélite, Zona Leste de Teresina. O idoso faleceu no fim da tarde de terça-feira (16) devido a uma forte pancada na cabeça, resultado do impacto do acidente.

Segundo os moradores, três carros se envolveram em uma colisão e um deles subiu a calçada, atingindo o aposentado. Logo após o acidente o homem ainda ficou consciente e foi socorrido.

A esposa de Raimundo, Maria de Jesus, contou que o marido tinha o hábito de sentar na porta de casa e contou que brigava com ele para não fazer isso pelo risco de acidentes.

A zeladora Maria das Neves havia passado no local da colisão minutos antes e por pouco não foi atingida pelo carro. Segundo ela, o idoso ficou com a perna presa entre a parede e o carro, por isso precisou ser socorrido pelos vizinhos.

"Eu fui passando por ele, quando uma amiga me chamou e eu voltei. Nesse momento os carros colidiram e um subiu a calçada. Depois que asfaltaram o cruzamento aqui é comum ter acidentes, porque as pessoas não respeitam a sinalização", disse a moradora.

Fonte: G1PI

 


17 / 04 / 2019 - as 09:28

O Hospital de Urgência de Teresina acaba de confirmar a morte do mototaxista Ariosvaldo Vieira.  De acordo com o HUT, ele sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu às 7h desta quarta-feira (17).

Matéria original 

O mototaxista identificado como Ariosvaldo Vieira de Sousa, 48 anos, foi atingido com um tiro na cabeça ao tentar impedir um assalto na noite desta terça-feira (16). O caso ocorreu próximo a um estacionamento de supermercado na avenida Barão de Gurguéia, na zona Sul de Teresina. 

Ariosvaldo e um grupo de pessoas intervieram no roubo de uma motocicleta, tentando ajudar a vítima do roubo. Eles se dirigiam em direção ao criminoso que revidou efetuando os tiros.

Vídeos gravados por testemunhas mostram a vítima estendida ao chão logo após ser baleada. O mototaxista foi colocado em um carro particular e encaminhado ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT). 

O estado da vítima é considerado estável, porém grave. O criminoso ainda não foi identificado e teria conseguido roubar a moto.

Fonte: cidadeverde.com

 


11 / 04 / 2019 - as 09:40

A jovem Maria da Guia Dias, 19 anos, foi esfaqueada na frente da Escola Estadual Fauzer Bucar, em Floriano, distante 244 km quilômetros. O caso aconteceu na noite dessa quarta-feira (10) quando a estudante estava chegando ao colégio. 

Segundo a polícia, a estudante foi esfaqueada por duas irmãs. Uma adolescente de 17 anos,  e uma jovem de 18, identificada como Elda Rodrigues dos Santos, desferiram golpes de canivete e faca na vítima. Laudo pericial afirma que foram feitas 20 perfurações em Maria da Guia. 

O delegado Danilo Barroso disse que o caso ainda está sendo apurado. Informações iniciais são de que houve uma discussão por motivo fútil e que a vítima e as autoras tiraram satisfações entre si. 

“Tem uma versão que uma das irmãs segurou a vítima e a outras desferiu as facadas. A menor não demonstrou arrependimento e declarou à Polícia Militar que se a vítima não morrer, ela vai tentar matá-la de novo”, informou o delegado.

De acordo com a polícia, as irmãs possuem envolvimento com membros de gangues de Floriano. 

Elda Rodrigues foi  presa e autuada por tentativa de homicídio qualificado e corrupção de menor. A adolescente envolvida foi apreendida por infração análoga  à tentativa de homicídio. 

Maria da Guia está internada no Hospital Regional Tibério Nunes. Ainda ontem ela passou por cirurgia. O estado de saúde da jovem é considerado estável. 


fonte:cidadeverde.com 

 

 


03 / 04 / 2019 - as 15:13

Policia Militar tomou nota de que havia uma moto escondida em um matagal proximo à grota da Vila Firmino, ato contínuo deslocou-se até o logradouro e constatou que a informação ora recebida era verídica. 


02 / 04 / 2019 - as 13:28

Os cadáveres de três homens foram encontrados , na manhã desta terça-feira (2), em um matagal de difícil acesso, localizado na região do bairro Santa Rosa, na zona Norte de  Teresina.

Um homem que passava próximo ao local avistou os corpos e acionou a polícia. No local, existia ainda uma grande quantidade de urubus que se concentravam próximo aos corpos.

Uma equipe do 13° Batalhão da Polícia Militar (BPM), foi até o local e encontrou os corpos amarrados e em avançado estado de putrefação e praticamente irreconhecíveis.

De acordo com informações preliminares, foram encontrados em um dos corpos duas tatuagens com os nomes “Alisson e Ceiça”. O Instituto de Criminalística realizou exame pericial que deve auxiliar na identificação dos corpos.

Os agentes do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) foram ao local para iniciarem a investigação do duplo homicídio.

Os peritos do Instituto de Medicina Legal (IML), estiveram no local para remover os corpos.

meionorte

 


29 / 03 / 2019 - as 08:33

A Divisão de Captura (Dicap) da Polícia Civil do Piauí deflagrou a Operação Águas de Março  e prendeu oito mulheres nesta sexta-feira (29). Dentre elas, uma mãe com a filha. 

A operação buscou dar cumprimento a dez mandados de prisão nos estados do Piauí e Maranhão, nas cidades de Teresina (PI), Joaquim Pires (PI) e Timon (MA). 

O coordenador da Dicap, delegado Willame Morais, ressaltou que todos os mandados tem como alvo pessoas do sexo feminino, que praticaram os crimes de tráfico de drogas, roubo majorado e lesão corporal de natureza grave. 

As presas foram identificadas como Fernanda Lima, Kaysa Evyla do Carmo Sousa , Maria Auxiliadora do Nascimento, Antônia Alves do Rego, Sônia Maria da Conceição Sousa, Sandra Maria da Cruz e Jaciara Maria da Silva Sousa. (veja lista com os crimes ao final desta matéria).

A Polícia identificou Sandra Maria e Michele Theyla como mãe e filha, respectivamente.  

“O que chama mais a atenção, além da atividade criminosa de tráfico de drogas, é que a mãe coloca a própria filha para desenvolver o trabalho de tráfico. É bastante grave isso. Elas já foram sentenciadas, pegaram sete anos cada uma. As outras presas também demostram perigo e cometeram crimes graves, como roubo qualificado e lesão corporal de natureza gravíssima”, disse o delegado. 

Delegado Willame Morais

A Dicap conta com o apoio da Delegacia Regional de Timon, Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), Departamento de Operações Especiais (DOE), 25º Distrito Policial e da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública.  


As presas foram levadas para a sede da Dicap, na zona Sudeste de Teresina. Depois, elas deverão ser levadas para a Central de Flagrantes de Teresina e, em seguida, passar pela audiência de custódia e exames no Instituto de Medicina Legal antes de seguir para o sistema prissional. Todos esses procedimentos deverão ocorrer na manhã de hoje.

“Com essa operação a gente retira de circulação essas pessoas da sociedade.  Essa operação chama a atenção da sociedade para o grau de envolvimento das mulheres no cenário criminoso, que está acontecendo no nosso país. Não é só homens. Antigamente, era uma atividade praticamente exclusiva de homens, o tráfico de drogas, o homicídio e o roubo qualificado, e essa operação está demostrando que as mulheres também são parte ativa desse cenário criminoso”.

Em nota, a Secretaria de Segurança informou que "o nome da Operação 'Águas de Março' refere-se ao fechamento de uma 'Estação', um ciclo ou uma etapa, pois assim como as 'Águas de Março fecham o Verão', no caso específico da Operação, fecha-se o ciclo das ações criminosas dessas mulheres".

Lista das Presas: 

1. Fernanda de Lima (Condenada a 07 anos e 04 meses e 26 dias  de prisão, Art.157);

2. Kaysa Evyla do Carmo Sousa (Condenada a 07 anos e 05 meses  de prisão, Art.157);

3. Maria Auxiliadora do Nascimento Silva (Mandado de Prisão Preventiva,       Art. 129);

4. Antônia Alves Do Rêgo (Tráfico de Entorpecentes);

5. Jaciara Maria da Silva Sousa (Condenada a 05 anos e 10 meses de prisão);

6. Sonia Maria da Conceição Sousa (Prisão Preventiva, Art. 155);

7. Sandra Maria da Silva (Condenada a 07 anos e 02 meses de prisão);

8. Michele Theyla Silva Oliveira (Condenada a 07 anos e 02 meses de prisão).

Fonte:cidadeverde.com 

 

 


27 / 03 / 2019 - as 10:48

A ex-prefeita de Brejo do Piauí, Márcia Aparecida Pereira da Cruz, o vereador Fabiano Feitosa Lira e mais seis pessoas foram denunciadas na terça-feira (26) pelo Ministério Público do Piauí por desviar R$ 591 mil em manutenção de poços e chafarizes do município de Brejo do Piauí, entre os anos de 2014 e 2016. Todos foram presos na Operação Poço Sem Fundo, mas soltos por colaborarem com a justiça.

O Ministério Público, através da Promotoria de Justiça de Canto do Buriti, denunciou também: o ex-chefe de gabinete da ex-prefeita, Emídio Pereira da Cruz; o pregoeiro e dono da empresa de assessoria a licitações Lógica, Carlos Alberto Alves Figueiredo; os donos da empresa VSP Construtora, Adcarliton Valente Barreto e Valdirene da Silva Pinheiro; Edmilson Souza Mota e Márcia Regina Pissolotto.

O Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) deflagrou a Operação Poço Sem Fundo no dia 13 de março e cumpriu mandados de busca e apreensão em empresas e escritório de contabilidade envolvidos no esquema. Cinco mandados de prisão temporária e uma prisão preventiva também foram cumpridos e a justiça determinou o bloqueio de R$ 2,8 milhões em bens dos investigados.

Gaeco denunciou esquema fraudulento na cidade de Brejo do Piauí — Foto: Lucas Pessoa/G1 PI

As investigações se iniciaram em 2015, após o Tribunal de Contas do Estado tomar conhecimento de irregularidades na manutenção de poços e chafarizes. A estimativa é que entre os anos de 2013 e 2017 tenham sido desviados cerca de R$ 3 milhões de seis municípios do semiárido piauiense. O que será objeto de investigação da próxima fase da operação.

Esquema Fraudulento

Segundo o Gaeco, foi provado que houve fraude no município de Brejo do Piauí, com desvio de R$ 291 mil do município. Conforme as investigações, a empresa VSP Construtora não prestava o serviço e nem tinha capacidade para isso.

Cada pessoa denunciada desempenhava uma função no esquema fraudulento. Desde o processo licitatório até a contratação de laranjas, conforme apontou as investigações.

Ainda segundo as investigações, pessoas das comunidades próximas aos poços e chafarizes eram contratadas para realizar o trabalho de manutenção. Elas recebiam valores entre R$ 50 e R$ 150 pelos serviços.

De acordo com o MP, os poços e chafarizes estão em péssimas condições, o que prova a falta dos serviços que deveriam ter sido prestados pela então prefeita e pela empresa contratada. O vereador Fabiano Feitosa Lira é investigado pelo Gaeco também por suposto superfaturamento nas obras de perfuração de poços no semiárido piauiense, realizadas em 2012.

 

Fonte: G1PI

 



PUBLICIDADE