04 / 06 / 2017 - as 12:13

Neste momento o deputado Aluísio Martins participa na cidade de Altos da inauguração do WI-FI público da localidade Serra do Coroatá, carinhosamente conhecida de Serra do  Padre João.

 A instalação do WI-FI público desta e das localidades vizinhas é promessa de campanha da Vereadora  Maria Teresa. A torre que mede 30 metros garante cobertura de acesso à mais de 3 mil famílias  das localidades circunvizinhas. Benefício este graças ao esforço da vereadora com o apoio do deputado Aluísio Martins. A solenidade aconteceu na Paróquia de São Francisco.

Fonte: Eugenio Bringel


03 / 06 / 2017 - as 12:56

O prefeito de Campo Maior,  Ribinha, falou durante entrevista ao programa Sábado Especial da rádio Meio Norte de Campo Maior sobre o trabalho de iluminação de Led em toda a cidade.

" Campo Maior será a primeira cidade do país a realizar esse trabalho", disse.

Redação: Fato

 


30 / 05 / 2017 - as 11:37

Barreiras são montadas em pontos estratégicos para reprimir delitos

A Polícia Militar de Campo Maior intensificou o policiamento ostensivo por conta das festividades alusivas aos festejos de Santo Antônio.

De acordo com o Major Etevaldo Silva, Comandante do 15° Batalhão da Polícia Militar, é natural que ocorram mais operações nesse período, uma vez que, por conta dos festejos, aumenta a movimentação de pessoas na cidade, inclusive as que vem de fora para cometer crimes. "A Polícia Militar permanece absolutamente atenta para prevenir o cometimento de crimes nos festejos e atuar fortemente na repressão de todo e qualquer ato delituoso. Estamos montando barreiras em pontos estratégicos de Campo Maior para reprimir ação de marginais e oferecer mais segurança à população", enfatizou o Comandante do 15° Batalhão.

Uma das novidades das ações este ano é a implementação de operações conjuntas entre a Polícia Militar de Campo Maior e a Polícia Rodoviária Federal, que passaram a ser frequentes. Segundo o Major Etevaldo esse intercâmbio entre as polícias é necessário para mostrar a integração e o fortalecimento das ações no combate ao crime em Campo Maior.

         

Fonte: 15º BPM          


27 / 05 / 2017 - as 13:00

Para a Folha de S. Paulo, Gilmar Mendes confirmou a reunião recente que teve com o dono da JBS, Joesley Batista. Segundo o ministro, o delator tratou de assuntos relacionados ao agronegócio durante o encontro. Gilmar também afirmou ao jornal que o empresário apareceu de surpresa na reunião, ocorrida na escola de direito em Brasília.

O ministro disse que antes do encontro, não via há mais de um ano. Gilmar e Joesley se conheceram por conta de negócios no setor.

"Minha família é de agropecuaristas e vendemos gado para a JBS lá (Mato Grosso)", disse.

No cargo, o ministro pode tomar decisões sobre os acordos de delação envolvendo a JBS. Ao jornal, Gilmar afirmou que o fato da sua família ter relações com a empresa não o impede de participar de futuras votações relacionadas à JBS.

"Não. Por quê? As causas de impedimentos ou suspeição são estritas", afirmou. "[Se fosse assim] Eu não poderia julgar causas da Folha, Carrefour, Mercedes-Benz, Saraiva", completou, indicando empresas com que mantém relações comerciais.

Folha on line


23 / 05 / 2017 - as 10:47

A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira os ex-governadores do Distrito Federal José Roberto Arruda e Agnelo Queiroz e o ex-vice governador Tadeu Filippeli — também assessor especial do presidente Michel Temer. Eles foram presos em suas residências em Brasília.

A operação - denominada "Panatenaico" - cumpre, ao todo, 15 mandados de busca e apreensão, 10 mandados de prisão temporária e três conduções coercitivas.

A operação é baseada em delação premiada da Andrade Gutierrez sobre um esquema de corrupção nas obras do estádio Mané Garrincha.

De acordo com as investigações, o superfaturamento na construção chega a quase R$ 900 milhões — com custo previsto de R$ 600 milhões, o estádio saiu a R$ 1,575 bilhão ao fim de 2014. Trata-se da arena mais cara de toda a competição

Panatenaico


O nome da operação é uma referência ao Stadium Panatenaico, sede dos jogos panatenaicos, competições realizadas na Grécia Antiga que foram anteriores aos jogos olímpicos. A história desta arena utilizada para a prática de esportes pelos helênicos, tida como uma das mais antigas do mundo, remonta à época clássica, quando estádio ainda tinha assentos de madeira. A construção foi toda remodelada em mármore, por Arconte Licurgo, no ano 329 a.C. e foi ampliado e renovado por Herodes Ático, no ano 140 d.C., com uma capacidade de 50 mil assentos. Os restos da antiga estrutura foram escavados e restaurados, com fundos proporcionados para o renascimento dos Jogos Olímpicos. O estádio foi renovado pela segunda vez em 1895 para os Jogos Olímpicos de 1896.

 

Fonte: O Globo e Correio Braziliense 

 


21 / 05 / 2017 - as 22:03

O senador Ciro Nogueira (PP) foi citado novamente em delações por recebimento de doações para a campanha de 2014. Dessa vez, Ricardo Saud, diretor de relações institucionais e governo no grupo J&F dono do frigorífico JBS, menciona o pagamento de R$ 42 milhões ao Partido Progressista, do qual Ciro Nogueira é presidente nacional, e que as tratativas se deram diretamente com o parlamentar piauiense.

A propina paga, segundo o delator, seria para a compra de vários partidos para garantir apoio e fortalecer a campanha Dilma-Temer. Ricardo Saud conta que teve um pagamento no valor de R$ 2,5 milhões ao senador Ciro Nogueira em espécie feito por um supermercado em Teresina, mas não soube dizer quem retirou e entregou o dinheiro.

“Praticamente o Ciro pediu todas as doações, ou então, 95% foram feitos de forma dissimulada propina depositada na conta do partido nacional e de lá ele distribuía. Teve um pagamento só dele em espécie que foi de R$ 2,5 milhões que foi feito por um supermercado lá de Piauí, que aí eu não posso falar quem tirou e quem entregou. Ele mesmo organizou isso e nós fomos depois e quitamos a nota fiscal do supermercado que já ia mesmo pagar a gente”, relatou Ricardo Saud, sem mencionar o nome do supermercado.

Na delação, o diretor da J&F afirma ainda que todos os partidos tinham certeza de que se tratava de propina paga pelo PT. Joesley Batista, empresário e dono da JBS contou, também em depoimento, que o PT tinha uma conta corrente, e Ricardo deveria fazer a distribuição.

A reportagem procurou o senador Ciro Nogueira, mas foi informada por sua assessoria de imprensa que o parlamentar ainda não havia se pronunciado sobre a delação dos executivos.

Declarações envolvendo ministros de Estado, deputados e senadores, que têm foro privilegiado no STF, estão agora sob análise do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que não tem prazo para decidir o que fazer. Ele pode arquivar as citações, pedir abertura de novos inquéritos ou a inclusão em investigações em andamento.

fonte: G1PI

 

 


20 / 05 / 2017 - as 12:53

 As atividades comemorativas foram organizadas pela Associação dos Apicultores de Campo Maior e também contou com a presença do presidente da FUNDESPI, Paulo Martins, dos secretários Airton Matos (SDR) e Hildem Brito (Habitação). Edilson da Vargem vai assumir a APLICAM no próximo dia 24.

 

fonte: Jonas Sousa


18 / 05 / 2017 - as 13:36

O deputado Aluísio Martins esteve reunido com o Secretário Estadual de Justiça, Dr. Daniel Oliveira, para tratar sobre investimentos no setor penitenciário, especificamente sobre a obra da Casa de Detenção de Campo Maior, que já encontra-se em fase de finalização e em breve será entregue.   

 



PUBLICIDADE