28 / 12 / 2017 - as 10:57

Em abordagem, um homem identificado por Francisco José Fontenele Pereira, vulgo “Chico Doca” na noite de terça feira (27), em Tianguá no estado do Ceará.

O investigado atualmente residia em Tianguá-CE mas utilizava as cidades de Teresina e Campo Maior como pontos de apoio para sua atividade criminosa. CHICO DOCA foi abordado na rodoviária de Tianguá, na companhia de outro homem, os quais traziam consigo crack e cocaína. Ao seguir a diligência até a casa de onde os investigados saíram, a equipe localizou e apreendeu aproximadamente 14kg de maconha, dinheiro e duas balanças de precisão.

CHICO DOCA responde a diversos processos por tráfico de drogas na comarca de Campo Maior-PI, e por estar foragido, contra o mesmo foi expedido mandado de prisão preventiva. 

A prisão foi realizada pela Polícia Civil do estado do Piauí, por meio da 5ª Delegacia Regional de Polícia Civil em Campo Maior, com apoio da DINT - Diretoria de Inteligência da SSP PI.

As diversas diligências que culminaram nestas prisões contaram com apoio logístico da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes - DEPRE e da Secretaria de Segurança Pública SSP-PI.

 


27 / 12 / 2017 - as 14:57

O dia 25 de dezembro já passou, mas ainda é Natal em Campo Maior. A programação da festa que acontece na Praça Valdir Fortes, ao lado do Açude Grande, segue até o dia 6 de janeiro sempre a partir das 17h e com entrada gratuita. Os visitantes terão até lá para conhecer de perto a Vila do Natal e conversar com o Papai Noel, brincar na "neve", assistir shows e apresentações culturais, e aproveitar a praça de alimentação.
 
Em sua noite de abertura, o Natal Campo Maior foi sucesso de público, superando a expectativa dos organizadores. Desde então todos os dias o espaço têm recebido a visita de campo-maiorenses, teresinenses e moradores de outras cidades vizinhas.
 
"Temos tido uma resposta positiva das pessoas. Todos os dias temos um público muito bom. Os comerciantes estão vendendo muito bem, e temos recebido elogios não só pela beleza, mas também pelo atendimento e organização", destaca a diretora-geral do Natal Campo Maior, Helderlaine Eugênio.
 
Agora a equipe já começa a pensar no avanço do projeto para 2018 e anuncia que virão muitas novidades.
 
"Nossa principal avaliação é que estamos avançando ainda mais no desenvolvimento no turismo de Campo Maior, que é a grande intensão de todo trabalho que iniciamos a partir desta grande festa. E para a melhoria do Natal, já estamos com várias ideias para o ano que vem. Estamos hoje muito felizes, nosso sentimento é de gratidão com o povo de Campo Maior, que têm nos recebido muito bem", afirma.
 
Ano Novo da Família
Dentro da programação do Natal Campo Maior, uma grande noite vem sendo preparada para a virada com o Ano Novo da Família. Na chegada de 2018, além da tradicional queima de fogos, as famílias que visitarem a Praça Valdir Fortes vão confraternizar ao som do grupo Mpblack, de Teresina. "Será um ambiente tranquilo, pensado para as famílias levarem seus filhos para se divertirem com segurança, ao som de boa música, em um espaço agradável, e lembrando que a praça de alimentação estará aberta. Convidamos todas as famílias de Campo Maior e da região para receber o novo ano conosco", reforça Helderlaine Eugênio.
 
Com informações da organização

23 / 12 / 2017 - as 12:55

Quem ainda não comprou os presentes de Natal terá uma boa chance para não deixar a data passar em branco. As lojas do Centro de Campo Maior funcionam das 8h às 18h nesse sábado (23) e no domingo (24) das 8h ás 12h, véspera do feriado.

Com a chegada do natal o comercio de Campo Maior ficam lotados de clientes, devido á demanda os comerciantes funcionaram em horários especiais.

De acordo com alguns comerciantes a previsão é que esse ano as vendas sejam melhor que ano passado, quando houve uma queda de 3% no volume. 

Redação Portalfato


22 / 12 / 2017 - as 16:54

Em entrevista ao Jornal Regional de Campo Maior, dessa sexta feira (22),  com Girleudo Silva, o prefeito professor Ribinha fala sobre várias pautas cobradas pela população.

O prefeito disse que é um privilegio ser prefeito e que passou por alguns degraus importantes até chegar a ser prefeito. “Fui vereador, passei cinco anos na Secretaria de Educação como executivo e agora prefeito da cidade. Isso me leva a um conhecimento da Câmara Municipal, como funcionam as secretarias e depois reunir tudo em torno do prefeito. ”, disse.

 Ribinha falou das pontes que estão em projeto de construção com a do São Pedro, Lagoa Seca e Passagem da Negra. “Estive na fazendinha reunido com a população e com esse compromisso fazer essa ponte de forma emergencial, inclusive foi colocado inicialmente á questão de fazer de concreto, só que está sendo trabalhado, mas exige um processo licitatório de uma forma que demora mais tempo para finalizar  e emergencialmente ela vai ser feita de madeira, porque nós já tem o material e a partir da próxima semana será feita a ponte da Lagoa Seca e a do São Pedro”, finalizou.

Redação Portalfato


21 / 12 / 2017 - as 13:41

A Prefeitura de Campo Maior, através do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), resolveu dois problemas crônicos de água na cidade de Campo Maior, no Bairro Cidade Nova e Alto do Meio.

 As famílias dessas comunidades agora tem água nas torneiras e partes dessas famílias beneficiadas foram visitadas nessa quarta-feira(20), pelo prefeito Professor Ribinha e pelo diretor do SAAE, João Lima, que foram conferir de perto a satisfação das pessoas em está recebendo água de qualidade em casa.

Após anos de sofrimento pela falta de água no bairro Cidade Nova e comunidade do Alto do meio, moradores comemoram. “Depois de anos sem saber o que é tomar banho de chuveiro, agora temos água. Posso lavar minhas louças na torneira”, disse a moradora Heloisa.

Fonte: Ascom

 


21 / 12 / 2017 - as 09:56

  Uma obra bastante aguardada está sendo concluída pela Prefeitura de Campo Maior, através do SAAE, (Serviço Autônomo de Água e Esgoto).

 A construção de uma galeria de escoamento, na Rua Cônego Gastão e no cruzamento da João Crisóstomo com a Mestre Zezinho, que interliga os Bairros de Lourdes e São João vai resolver o problema do acumulo de água no período chuvoso e até mesmo durante o verão, que dificultava o tráfego e até deixava ilhados moradores da área.

 O prefeito Professor Ribinha visitou o local, acompanhado do diretor do SAAE, João Lima, e ouviu a satisfação das pessoas em está sendo resolvido um problema que prejudicava a população há pelo menos 20 anos.

Fonte: Ascom prefeitura


20 / 12 / 2017 - as 14:42

A delegada Eugênia Villa, participou na segunda-feira (18) do Programa Jornal Regional da radio Meio Norte de Campo Maior, para esclarecer como funciona o aplicativo que denuncia violência contra a mulher. 
 
De acordo com a delegada o programa ajuda a identificar casos de violência contra a mulher e denunciá-los, a Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP/PI), e foi elaborado em parceria com Agência de Tecnologia da Informação, e recebeu o nome “Salve Maria”. A nova ferramenta que é mais uma plataforma de denúncias de violência contra a mulher disponibilizada pela polícia”, disse.
“Esse programa  atende tanto mulheres em situação de violência, quanto pessoas que não compactuam e queiram ajudar denunciando os crimes”, explicou.
 
O aplicativo funciona como botão do pânico. “Com essa nova ferramenta, as mulheres ou pessoas próximas a ela (vizinhos, parentes) podem denunciar em tempo real qualquer tipo de violência. É preciso que as pessoas nos ajudem, pois os próximos são os que ouvem os gritos de socorro e sem medo de denunciar”, acrescentou.
 
Segundo ela, a demanda chega diretamente a Policia Militar e a Policia Civil, e os policiais poderão ir até o local da ocorrência a fim de verificar e proteger a vítima e as provas para um futuro inquérito policiais. “Outra vantagem é que, ao usar o aplicativo, o denunciante vai poder georreferenciar o local onde o crime ocorre. A violência vai ser detectada no momento do seu cometimento e vai gerar dados estatísticos para que a gente possa acompanhar e planejar políticas de prevenção ao dano contra mulher”, afirma.
 
A delegada alerta que em muitos casos de feminicidio, as vítimas nunca tinham ido à delegacia para fazer denúncia e que a maioria dos casos que chega à Central de Gênero é de ameaça de morte. “É importante dar esse instrumento para as pessoas que estão perto dessas mulheres e que estão vendo e ouvindo essas agressões possam denunciar. Muitas mulheres, sequer, chegam a ir ao plantão de gênero. É preciso fazer cessar essa violência”, pontua.
 
Eugênia ressalta que o aplicativo Salve Maria teve uma abrangência tão grande que foi transformado pelo governo em um programa que engloba diversas ações, Salve Maria deixou de ser só um aplicativo. “O nome Salve Maria é porque a maior parte das mulheres vitima tem prenome Maria”, finalizou.
 
Redação Portalfato

19 / 12 / 2017 - as 23:49

A Prefeitura de Campo Maior através da Secretaria Municipal de Saúde vai elaborar em parceria com outras instituições, um plano de ação para prevenção do suicídio que visa à sistematização e organização do fluxo de atenção e cuidado à saúde do paciente em risco de suicídio, buscando a redução desse agravo de saúde.
 
 
A reunião aconteceu na tarde dessa terça-feira (19)ve contou com a presença do secretário municipal de Saúde, Marcelo Mirada, da secretária municipal de Assistência Social, Nilzana Gomes, agentes comunitários de saúde, assistentes sociais, psicólogos, além de representantes do CAPS, NASF e assistência hospitalar.
 
 
 
Fonte: Ascom prefeitura


PUBLICIDADE