27 / 03 / 2019 - as 10:38

Uma tragédia comoveu os moradores de Timon nessa terça-feira (26). Pai e dois filhos morreram afogados no Riacho Pinto, zona Rural da cidade. 

O comandante do Corpo de Bombeiros de Timon, major Hélio Sena, informou que o pai, mãe e os filhos estavam tomando banho no riacho quando as crianças, de 5 e 6 anos idade, caíram em uma parte profunda do riacho. 

“As crianças foram avançando pelo riacho e quando perceberam estavam no fundo. Há suspeitas que o pai viu os filhos se afogando e foi tentar salvá-los. Mas nenhum dos três sabia nadar e se afogaram”, disse o comandante. A mãe das crianças, que está grávida, presenciou o afogamento e ficou desesperada. Ela chorava diante dos corpos dos filhos.

“Ela chorava muito. Perdeu a família dela”, conta o major Hélio.  O pai foi identificado apenas como Cristiano, 35 anos. As crianças afogadas são Michael Oliveira Leau, 5, e Iago Railan,6.  

O afogamento aconteceu por volta das 17h. O Corpo de Bombeiros foi acionado e os mergulhadores resgataram os corpos que estavam no fundo do riacho. 

O Instituto Médico Legal foi acionado e fez a remoção dos corpos. 

O comandante do Corpo de Bombeiros de Timon, major Hélio, faz um alerta para que as pessoas que não sabem nadar evitem tomar banho em riachos neste período chuvoso.

“Os rios, riachos e lagoas estão muito cheios nesse período chuvoso e facilita afogamentos. Tem que tomar cuidado, ficar no raso”, orienta. 

Fonte:cidadeverde.com 

 

 


23 / 03 / 2019 - as 10:33

O celular roubado de uma vítima ajudou a polícia a prender um homem que fez um arrastão em um posto de combustíveis na BR-343, próximo ao balão que dá acesso ao bairro Dirceu Arcoverde, na zona Sudeste de Teresina. A polícia foi acionada por um taxista que passava pelo local. O caso aconteceu por volta da meia-noite deste sábado (23).

Segundo relato da PM, o suspeito estava em uma moto quando chegou ao posto. Ele assaltou o frentista e algumas pessoas que estavam no local. 

"Tinha um celular com rastreador e o suspeito estava próximo ao Parque Piauí. A viatura chegou no local do rastreio e, durante a abordagem, o mesmo caiu e fugiu para as residências chegando a entrar e pular vários muros", informou a PM.

Após buscas, o suspeito foi encontrado e todos os bens recuperados. Com ele foram encontrados 5 celulares, um cordão de prata, um revólver, 3 munições, um óculos, 4 relógios e uma câmera de vigilância, além de drogas como crack, cocaína e maconha

O caso foi levado à Central de Flagrantes

Fonte:cidadeverde.com

 

 


19 / 03 / 2019 - as 11:42

A audiência de custódia do empresário Antônio Batista de Miranda Filho, de 56 anos, preso na manhã de ontem (18), acusado de estuprar uma criança de apenas 4 anos, dentro da escola de reforço Betel, localizada na rua Alecrim, no bairro Jóquei, na zona Leste de Teresina, acontece nesta terça-feira (19), no Fórum Criminal, no Centro da capital.

O empresário está no local desde às 08h30 e até às 11h a audiência ainda não tinha iniciado. De acordo com informações do repórter Josafá Torres, da Rede Meio Norte, que acompanha o caso direto do local, o acusado de estupro de vulnerável “está tranquilo, como se nada tivesse acontecido”.

Um fato atípico chama a atenção nesse caso, já que um grupo de pais de alunos estão em frente a escola protestando contra a prisão do empresário e afirmam que não vão retirar os filhos da escola, pois acreditam que o suspeito é inocente.

O delegado Matheus Zanatta, informou após a prisão do acusado, que a polícia recebeu a denuncia em janeiro deste ano e após uma investigação, o juiz da central deferiu o mandado de prisão preventiva e busca e apreensão contra o empresário acusado de estupro de vulnerável.

“Nós recebemos a denuncia em janeiro deste ano, a delegada Katia e sua equipe da Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA), fez a instrução do inquérito policial realizando algumas medidas cautelares entre elas,  prisão preventiva, busca e apreensão domiciliar. O juiz da central, Luis Henrique, deferiu essas medidas cautelares com parecer favorável do Ministério Público. A delegada Katia cumpriu o mandado de prisão do senhor de 56 anos de idade e a Delegacia Geral cumpriu o mandado de busca e apreensão na escola de reforço que fica localizada na zona Leste da capital." relatou o delegado.

meionorte


18 / 03 / 2019 - as 15:38

Na manhã desta segunda-feira (18), a delegacia geral do Piauí cumpriu um mandado de prisão preventiva contra um empresário identificado pelas iniciais A.B.D.M.F, de 56 anos dono de uma escola particular de reforço situada na zona Leste de Teresina, acusado de estuprar uma crinça de apenas 4 anos. 

Segundo o delegado Matheus Zanatta, a polícia recebeu a denuncia em janeiro deste ano e após uma investigação, o juíz da central deferiu o mandado de prisão preeventiva e busca e apreenssão contra o empresário acusado de estupro de vunerável. 

“Nós recebemos a denuncia em janeiro deste ano, a delegada Katia e sua equipe lá no DPCA - Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente fez a instrução do inquérito policial realizando algumas medidas cautelares entre elas,  prisão preventiva, busca e apreensão domiciliar. O juiz da central, Luis Henrique deferiu essas medidas cautelares com parecer favorável do Ministério Público e hoje a DPCA juntamente com a Delegacia Geral fez cumprimento dessas medidas cautelares, fizemos duas linhas, a delegada Katia cumpriu o mandado de prisão do senhor de 56 anos de idade e a Delegacia Geral cumpriu o mandado de busca e apreensão na escola de reforço que fica localizada na zona Leste da capital." relatou o delegado.

Ainda segundo o delegado Matheus Zanatta, o nome da escola e do acusado não serão divulgados no intuito de preservar a vítima e outras crianças que estudam no local. 

“Para preservar a vítima e as demais crianças que estudam nessa escola, não vamos divulgar o nome do acusado. Até o momento recebemos apenas uma denuncia, mas pode aparecer outras denuncias, temos essa possibilidade. Agora teremos o prazo de 10 dias para instruir o inquérito policial, finalizar e enviar para a justiça. É prisão preventiva, ele se encontra na Central de Flagrantes e amanhã iremos para a audiência de custódia”

meionorte

 


16 / 03 / 2019 - as 09:22

Um homem identificado por Cleiton Augusto, conhecido popularmente como “Wolverine”, em alusão ao personagem do X-Man, foi assassinado na frente do filho pequeno e da esposa no bairro Morada do Sol, em Picos, cidade localizada há 314 km da capital, Teresina. O crime ocorreu em torno de 17h30 desta sexta-feira (15).

De acordo com informações da Polícia Militar, Cleiton Augusto foi abordado por dois homens de capuz, que dirigiam em um carro que parou em frente à residência da vítima. Cleiton, acompanhado da esposa, carregava o filho nos braços.

Após exigirem que “Wolverine” entregasse o filho à mulher, os assassinos efetuaram vários tiros, culminando com a morte imediata do homem.

Passagens pela polícia

De acordo com informações colhidas pelo 4º Batalhão de Polícia Militar, Cleiton Augusto tem várias passagens pela polícia, inclusive um homicídio ocorrido ainda este ano em Picos. Ainda por homicídio, “Wolverine” também era acusado de ter assassinado Francisco Lázaro Pereira dos Santos no Centro de Picos em fevereiro de 2016, sendo a vítima um menor de idade. 

O homem assassinado também tinha acusações de assaltos em municípios do Sul do Piauí, abordando ônibus que fazem linhas vindas da Bahia, Ceará e Maranhão, um latrocínio cometido Aroazes e a explosão de um carro forte em Jaicós.

Cleiton ainda teria envolvimento em diversos assaltos praticados na região a ônibus interestaduais, bem como teria participado de um Latrocínio no município de Aroazes.

No caso mais recente, Wolverine vinha sendo investigado pelo envolvimento na explosão de um carro forte na cidade de Jaicós.

Fonte: meionorte

 


15 / 03 / 2019 - as 11:27

Uma piauiense identificada como Edivânia Maria Oliveira, 22 anos, morreu na tarde desta quinta(14), atingida por bala perdida, durante assalto um carro-forte no aeroporto regional no Vale do Itajaí, em Blumenau-SC. Edivânia é natural de Alegrete do Piauí (389 km de Teresina) e estava no refeitório da empresa onde trabalhava, que fica ao lado do aeroporto. 

De acordo com portais de notícias da região, Edivânia chegou a ser socorrida para um hospital em Blumenau-SC, por não resistir aos ferimentos. Ao menos dois tiros, provavelmente de fuzil, perfuraram o corpo da jovem, no abdômen e no tórax.  Além dela, dois vigilantes também teriam sido atingidos, mas não há informação sobre o estado de saúde deles.

Segundo relatos de testemunhas, os funcionários estavam no refeitório no horário de lanche. Edivania levantou de repente, deu alguns passos e caiu inconsciente no chão. Ela foi levada ao Hospital Santa Isabel, mas não resistiu aos ferimentos.

A indústria têxtil não abriu as portas na manhã desta sexta(15) e uma fita preta sinalizava a consternação dos cerca de 60 colegas de trabalho. Todos foram liberados para comparecer ao velório.

De acordo com a Polícia Civil, os criminosos teriam entrado por um hangar e acessado a pista onde estava o carro-forte e um avião que faz o transporte de dinheiro. Eles fugiram do local em uma caminhonete e ainda não foram localizados. A PM faz busca pelos criminosos e monitora as rodovias federais na região.

O corpo de Edivânia deve ser enterrado em Alegrete. 


fonte: cidadeverde.com 

 

 


13 / 03 / 2019 - as 09:46

A dedicação e a persistência dos policiais militares do Batalhão de Campo Maior, dos policiais civis da 5a. Delegacia Regional e da Divisão de Operações Especiais da Polícia Civil resultaram na prisão agora há pouco do traficante Adverson dos Santos Souza, conhecido como "Nem Bundão" e de sua companheira Cristiana da Silva Caldas.

Eles foram presos nas imediações do povoado Buritizinho, zona rural de Campo Maior, quando empreendiam fuga em uma motocicleta e tentaram romper o cerco policial montado desde o último sábado na região.

Segundo os policiais "Nem Bundão" é um traficante da região do bairro de Flores, em Campo Maior, acusado de vários crimes como homicídio, tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo.

Na madrugada do último domingo ele conseguiu escapar de uma tentativa de prisão e se encontrava foragido entre os municípios de Campo Maior e Cabeceiras do Piauí, quando foi capturado.

ASCOM-BT de CAMPO MAIOR

 


09 / 03 / 2019 - as 09:31

O Serviço de Inteligência da Penitenciária de Floriano interceptou nesta sexta-feira (08/03) trinta trouxas de maconha em processo de vistoria de visitas.

A droga foi apreendida e a visitante detida e conduzida ao Distrito Policial da cidade para procedimento legal.

Fonte: 180graus

 



PUBLICIDADE