03 / 05 / 2021 - 15h31
NEPOTISMO: Promotor pede a exoneração de parentes de vereadores nomeados em Barras

O promotor Glécio Paulino Setúbal da Cunha e Silva, da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Barras/PI, ingressou com ação civil pública contra o Município de Barras, representado pelo Prefeito Edilson Sérvulo da Silva, mais conhecido como “Edilson Capote”, pedindo a anulação das nomeações de parentes de secretários municipais e de vereadores em cargos em comissão com atribuições de direção e/ou assessoramento.

A ação tem por base inquérito civil instaurado para investigar a ocorrência de suposta prática de nepotismo no âmbito da Prefeitura Municipal de Barras e eventual responsabilidade dos envolvidos por ato de improbidade administrativa.

A investigação teve início a partir de representação, através da qual se noticiou a nomeação irregular de parentes de Secretários e Vereadores.

As diligências realizadas durante a investigação mostraram que o prefeito Edilson Capote nomeou e deu posse a quatro pessoas que se enquadram em situação de nepotismo, são elas:

1 - Amanda Gomes Lages (sobrinha da Vice-Prefeita Cynara Cristina Lages Veras), como Diretora de Cadastro Tributário da Secretaria Municipal de Finanças (Portaria nº 11/2021)

2 - Luís Carlos do Rêgo Fortes de Carvalho e Silva Júnior (sobrinho da Secretária Municipal de Assistência Social - Edneida do Rêgo Fortes de Carvalho e Silva), como Diretor de Assessoria Administrativa e Financeira da Secretaria Municipal de Assistência Social (Portaria nº 13/2021).

 

 

 

 

Com informações do GP1



Publicidade