21 / 03 / 2019 - as 12:29

Objetivo é um trânsito mais seguro, com menos acidentes, mortes e ocorrências na área da saúde.

As blitzen da Lei Seca devem ser intensificadas e realizadas com mais regularidade no estado do Piauí para dar mais segurança ao trânsito, foi o que ficou acertado em reunião entre o governador Wellington Dias, o diretor do Departamento de Trânsito (Detran), Arão Lobão; o comandante da Polícia Militar, Lindomar Castilho; e o secretário da Fazenda, Rafael Fonteles, nessa quarta-feira (20), no Palácio de Karnak.

De acordo com Wellington, o Estado do Piauí vem trabalhando um programa que tem por objetivo a redução de acidentes provocados por pessoas que bebem e vão dirigir/pilotar. A meta é alcançar melhores resultados em 2019. “Em 2018 tivemos um resultado bastante positivo, o número de acidentes que geraram “sequelados” caiu 22%, e isso é muito positivo. O Piauí se destacou, o Rio de Janeiro ficou em primeiro lugar e o Piauí em 5% lugar em redução de acidentes. Enquanto alguns estados tiveram aumento, nós tivemos redução”, comemorou o chefe do executivo, destacando a importância do trabalho conjunto das campanhas educativas e das blitzen.

“Em 2019, queremos que essas estatísticas caiam mais ainda. Fazemos as campanhas educativas para criar um ambiente para que se torne natural, assim como é habitual as pessoas usarem o cinto de segurança, para que elas saibam que é um crime dirigir alcoolizado. Quando isso acontece, você coloca em risco a sua vida e a vida das outras pessoas. Por essa razão, nós temos a campanha educativa, todo um trabalho de notificação e temos também asblitzen, que podem multar e prender, nos casos mais graves, para garantir a segurança das pessoas que vivem no Piauí”, destacou Wellington.

Um estudo de 2018 do Observatório de Segurança Viária mostrou que só há eficácia da Lei Seca nos estados que realizam o maior número de blitzen de fiscalização. Os acidentes de trânsito matam cada vez mais pessoas em todo o planeta, com 1,35 milhão de óbitos por ano, alerta a Organização Mundial da Saúde (OMS). Em seu relatório mundial sobre segurança nas estradas, a OMS afirma ainda que os acidentes de trânsito são, atualmente, a principal causa de morte entre crianças e jovens com idades entre 5 e 29 anos.

O diretor do Detran, Arão Lobão, destaca que no relatório da Líder Seguradora, do seguro DPVAT, demonstra uma redução de 5% nas indenizações por morte e de 22% nas indenizações por invalidez permanente, no Piauí. “É uma redução significativa, mostra o resultado do nosso trabalho para dar mais segurança ao nosso trânsito, buscando maior regularidade nas fiscalizações para um trânsito mais seguro, com menos acidentes, menos ocorrências na área da saúde”, comentou o gestor.


21 / 03 / 2019 - as 12:08

Mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da Justiça Federal do Rio de Janeiro. Procurada pela G1, a defesa do ex-presidente não atendeu.

Por Arthur Guimarães, Paulo Renato Soares e Marco Antônio Martins, TV Globo e G1 Rio

O ex-presidente Michel Temer foi preso em São Paulo na manhã desta quinta-feira (21) pela força-tarefa da Lava Jato do Rio de Janeiro. Os agentes ainda tentam cumprir mandados contra Moreira Franco, ex-ministro de Minas e Energia e mais seis pessoas, entre elas empresários.

Preso, Temer será levado para o Aeroporto de Guarulhos, onde vai embarcar em um voo e será levado ao Rio de Janeiro em um avião da Polícia Federal. O ex-presidente deve fazer exame de corpo de delito no IML em um local reservado e não deve ser levado à sede da PF de São Paulo, na Lapa.

Os mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, responsável pela Lava Jato no Rio de Janeiro.

Desde quarta-feira (20), a PF tentava rastrear e confirmar a localização de Temer, sem ter sucesso. Por isso, a operação prevista para as primeiras horas da manhã desta quinta-feira atrasou.

O G1 ligou para a defesa de Temer, mas até a última atualização desta reportagem os advogados não haviam atendido a ligação. O G1 falou às 11h40 com o advogado Rafael Garcia, que defende Moreira Franco em um dos inquéritos contra ele no STF, mas ele disse que não estava autorizado a falar e orientou a procurar o advogado Antônio Pitombo. A reportagem ligou para o escritório de Pitombo, mas não conseguiu falar com ele.

Inquéritos contra Temer

Temer é um dos alvos da Lava Jato do Rio. O caso, que está com o juiz Marcelo Bretas, trata das denúncias do delator José Antunes Sobrinho, dono da Engevix. O empresário disse à Polícia Federal que pagou R$ 1 milhão em propina, a pedido do coronel João Baptista Lima Filho (amigo de Temer), do ex-ministro Moreira Franco e com o conhecimento do presidente Michel Temer. A Engevix fechou um contrato em um projeto da usina de Angra 3.

Além deste inquérito, o ex-presidente Michel Temer responde a nove inquéritos. Cinco deles tramitavam no Supremo Tribunal Federal (STF), pois foram abertos à época em que o emedebista era presidente da República e foram encaminhados à primeira instância depois que ele deixou o cargo. Os outros cinco foram autorizados pelo ministro Luís Roberto Barroso em 2019, quando Temer já não tinha mais foro privilegiado. Os inquéritos foram enviados à primeira instância.

Michel Temer (MDB) foi o 37º presidente da República do Brasil. Ele assumiu o cargo em 31 de agosto de 2016, após o impeachment de Dilma Rousseff, e ficou até o final do mandato, encerrado em dezembro do ano passado.

Eleito vice-presidente na chapa de Dilma duas vezes consecutivas, Temer chegou a ser o coordenador político da presidente, mas os dois se distanciaram logo no começo do segundo mandato.

Formado em direito, Temer começou a carreira pública nos anos 1960, quando assumiu cargos no governo estadual de São Paulo. Ao final da ditadura, na década de 1980, foi deputado constituinte e, alguns anos depois, foi eleito deputado federal quatro vezes seguidas. Chegou a ser presidente do PMDB por 15 anos.

Fonte: G1


21 / 03 / 2019 - as 11:33

A celebração da primeira Missa da Misericórdia, celebrada pelo Padre Nilton Pereira, na Igreja São Cristóvão, foi acompanhada por uma multidão de fiéis. O rito era tradicional da Igreja da Primavera, na zona Norte, e agora está de casa nova no Bairro Morada do Sol, na Zona Leste.  

A missa teve adesão de novos participantes e contou com a presença do público anterior, que acompanha há anos a celebração. A Praça da Igreja de São Cristóvão ficou pequena. Pelo menos seis mil pessoas passaram pelo local em nome da Fé.

A dentista Maria da Conceição conta que participa desde os primeiros anos na Igreja Santíssima Trindade, na Primavera, e diz que só tem a agradecer pelas graças alcançadas, em especial pela cura do câncer. 

“Desde 2009, quando eu tive o primeiro câncer, o segundo em 2013, e o terceiro em 2014, e hoje estou curada pela misericórdia de Deus”, disse Maria da Conceição. 

Depois de realizar a Missa da Misericórdia ao longo de nove anos na Primavera, padre Nilton ganhou a admiração de muitos fiéis, que iam de todos os bairros da capital para participarem da celebração toda quarta-feira. 

Quando foi anunciada a saída do sacerdote da Zona Norte, muitas pessoas ficaram insatisfeitas. Mas, quem mora nas proximidades da nova paroquia do padre, agora, é só felicidade por ter a missa perto de casa.

Padre Nilton reforçou em entrevista que vai aonde a Igreja mandar. “O sentimento e a sensação é que o povo vai aonde o Senhor vai. A fidelidade do povo à Misericórdia de Deus. As coisas de Deus vão permanecer para sempre. Estou muito feliz e alegre porque as pessoas estão buscando Deus. É uma alegria para toda a Igreja. Os povos estão com olhos fixos na Misericórdia”, disse emocionado com a multidão.

Fonte: Portal cidadeverde.com


21 / 03 / 2019 - as 11:24

Na tarde desta terça-feira, dia 19/03, ocorreu no Auditório Germayrom Brito a Cerimônia do Jaleco envolvendo os cursos de Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Nutrição e Educação Física. O evento teve a participação de acadêmicos e homenageados, assim como, professores, coordenadores e direção geral.

Momento em que foram homenageados por curso: o Enfermeiro Saul de Melo Ibiapina Neres, a Fisioterapeuta Iara Tamires Ibiapina Sousa de Castro, o Farmacêutico Rafael de Castro Andrade Carvalho, a Nutricionista Nájella Kessia Matos Alberto e a Profissional de Educação Física Kiara de Oliveira Monteiro Alves, ficando todos bastante emocionados pelo reconhecimento significativo ao exercício ético e profissionalismo.

A cerimônia tem o objetivo de desejar as boas-vindas aos calouros dos referidos cursos, além de fazer emergir nos discentes o compromisso com a profissão escolhida.

Faculdade Chrisfapi

O caminho certo para o seu futuro!

Ascom Chrisfapi


21 / 03 / 2019 - as 08:10

De acordo com as novas normas que regem o trânsito e o transporte de passageiros, alguns ônibus que chegam em Teresina, passam pelo Centro e outros não, chegam na Ladeira e vão direto para a rodoviária.

Os ônibus com origem de partida de até 100 Km, passam pelo Centro de Teresina normalmente, mas os que vem de cidades que ultrapassam essa distância só vão até a Ladeira e se direcionam ao Terminal Rodoviário Lucídio Portela.

Os agentes da empresa Barroso tranquilizam os passageiros de Campo Maior."Para os campomaiorenses não mudou nada, pois os ônibus que saem daqui, vão pelo centro como antes. Agora os ônibus que vem de Piripiri e Pedro Segundo é que mudou, só vão até a Ladeira, pois a distância dos referidos municípios ultrapassam os 100km", esclareceu um dos funcionários. 

Redação do Portal Fato


21 / 03 / 2019 - as 07:36

A prefeitura de Campo Maior tem intensificado a recuperação de estradas vicinais na zona rural do município, intensificando a marca da gestão no trabalho intenso perante as comunidades do município.

O prefeito Professor Ribinha usou as redes sociais para falar sobre o benefício realizado pela população."As chuvas têm causado muitos problemas na cidade. Mas estamos trabalhando incessantemente para resolver os desafios desse período. Na comunidade Lagoa Seca, uma cheia rompeu a estrada. A boa notícia é que agimos rápido e conseguimos recuperar a passagem de dezenas de moradores", declarou o prefeito.


20 / 03 / 2019 - as 15:51

Na última sexta feira(15), aconteceu uma Assembleia Festiva , em forma de um jantar Interclubes, com os clubes de Lions de Teresina. O evento aconteceu no Iate Clube de Teresina.

Foi uma  visita do CL CC Gervasio Barbosa de Araújo, aos Clubes de Lions de Teresina, que contou com a presença do Prefeito de Teresina, FIrmino Filho, e de nosso CL DG João Alves DLA 6, e diversas Autoridades leonísticas do Estado do Piauí e companheiros e companheiras de vários Clubes .

O mesmo está percorrendo o Brasil visitando os clubes, sendo que um dos próximos destinos será ao Lions Clube de Campo Maior, presidido pelo presidente Iran do Vale, desde o ano passado.

Natural de Teresina, o empresário na área da Educação, Gervásio Araújo , é casado com a Cal Maria da Conceição Mota, tem 5 filhos, 08 netos e 2 bisnetos. Foi eleito primeiro vice presidente do CG – DMLA em Boa Vista em 2017 e presidente  para o AL 2018/2019 no ano de 2018, na XIX Convenção do Distrito Múltiplo LA realizada em Natal – RN.

Redação do Portal Fato


20 / 03 / 2019 - as 09:44

Há algum tempo atrás, em muitos locais do interior, era muito comum se deparar com avoantes em passeios na zona rural. O desmatamento, o crescimento desordenado das cidades, a caça clandestina, fizeram com que esse encontro (esqueça Fátima Bernardes) tomasse ares de eclipse.

Porém, o meio rural está sendo repovoado novamente, mas com umas avoantes tecnológicas, chamadas drones, com uma vocação similar àquela de carne, osso e pena, contribuir com a alimentação humana. Calma, antes de sair por aí com uma espingarda, peteca ou baladeira à caça dos robozinhos para comê-los com farinha, não, não é esse o sentido que quis dizer.

Atualmente o VANT (veículo aéreo não tripulado – sigla brasileira dada aos “bichins”), está se tornando uma realidade no campo, em atividades de diversos ramos, como avaliação de imóveis rurais, aplicação de agrotóxicos e tratamento com inimigos naturais para combate de pragas em lavouras e na fiscalização agropecuária, com um custo mais baixo, maior eficiência e segurança para o usuário e na coleta de dados.

Então, o campo está sendo tomado por eles, colaborando no crescimento das lavouras, no seu maior rendimento e na redução do custo final, o que reflete em mais comida a um preço menor na sua mesa, com mais qualidade.

Estados como Bahia e Sergipe já contam com algumas “ribaçãs” dessas, auxiliando nas atividades de fiscalização agropecuária de suas agências, gerando maior segurança alimentar à população e identificando mais facilmente aqueles que tentam passar a perna nos fiscais em áreas muito grandes, difíceis de fiscalizar por inteiro, até de carro. Como exemplo, fica mais fácil identificar o uso irregular de agrotóxicos em culturas como a soja, geralmente plantadas em grandes extensões de terra, sendo vista de cima.

Sua versatilidade é imensurável, não tem férias, CLT, nem sindicato, mesmo que dependa de um operador (ao menos até hoje). Infelizmente a tecnologia tem fechado alguns postos de trabalho, mas, ao mesmo tempo, abre outros para quem está disposto a se modernizar, não condenando o trabalhador braçal a viver na marginalidade, mas a crescer no meio de trabalho.

A tecnologia está entrando cada dia com mais força no campo e, espero eu, o abandono do campo faça um giro de 180 graus, com os filhos dos trabalhadores cada dia mais apaixonados pelo lar, uma vez que os jovens são sugados pela tecnologia e se tornam doutores em “mexer” no celular, basta um empurrão para enxergar que suas habilidades podem transformar seu local de convívio, sem precisar tanto de arrastar cobras para os pés.

O acesso a essa tecnologia está cada dia mais fácil. Assim como aconteceu com o surgimento do telefone, com linhas caras, pessoas que viviam da renda de aluguel de suas linhas, do surgimento do celular e seus preços astronômicos, linhas que custavam um carro do ano e tal, os drones estão se popularizando e com isso seus preços estão caindo e seus programas cada vez mais amigáveis aos usuários.

Tomara que, assim como a vida imita a arte, os drones não imitem as avoantes e partam em debandada com seus grupos.


P.S.:* Até vaqueiro estão substituindo: http://globotv.globo.com/editora-globo/revista-globo-rural/v/peao-tecnologico/4128507/

* Sempre quis usar isso... Não, não abreviei meu nome, isso é uma sigla em latim para post scriptum, que significa escrito depois.

Paulo Melo

Engenheiro Agrônomo

Fiscal Estadual Agropecuário – ADAPI

 

Instagram: @segundoagro

Facebook: fb.me/segundoagrooficial

e-mail: segundoagrooficial@gmail.com

 

#segundoagro; #drones; #vant; #agricultura; #adapi



PUBLICIDADE