16 / 07 / 2018 - as 12:05

A Polícia Civil do Piauí, por meio do Greco, prendeu neste sábado (14/07), o suspeito de participar do roubo a banco na cidade de Amarante, quando utilizou a farda da Polícia Civil para praticar o assalto a agência do Banco do Brasil.
 
De acordo com a polícia, Márcio Alencar Dutra, possui vários mandados de prisão contra ele por envolvimento a inúmeros roubos a banco no Piauí e Maranhão.

16 / 07 / 2018 - as 11:53

Em entrevista divulgada nesta sexta-feira (13/07), o presidente da Câmara de Campo Maior, vereador Fernando Miranda, anunciou a publicação de um livro sobre a história do poder legislativo do município. O lançamento da obra acontece no aniversário de Campo Maior, dia 8 de agosto, a partir das 9h:30min, em sessão solene no plenário da Câmara.

Fernando Miranda revela o título do livro - Câmara Municipal de Campo Maior: 256 anos de história – e momentos importantes abordados na publicação, como o período da Batalha do Jenipapo, da Ditadura Militar e o papel do legislativo em situações de conflitos políticos locais.

“O município de Campo Maior foi criado através da Câmara Municipal, e a Câmara faz parte dessa história. O livro já está produzido e o lançamento será dia 8 de agosto, em sessão solene. O livro vai resgatar toda a história de uma das câmaras mais antigas desse país, desde 1762 até os dias atuais, escrito pelo historiador Celson Chaves”, divulgou.

Perguntado no vídeo sobre as expectativas para o segundo semestre de trabalho na Câmara, o presidente Fernando Miranda destacou além do lançamento, o início da reforma na sede do poder legislativo. “Vai ter o lançamento do livro, o início da reforma da Câmara e vamos implementar ainda mais o trabalho de fiscalização dos vereadores”.

Números do primeiro semestre

Os números que mostram o desempenho da Câmara Municipal no primeiro semestre revelam que houve uma evolução do trabalho do parlamento. Foram realizadas 22 sessões plenárias, nas quais foram aprovados 45 requerimentos, 5 projetos de leis e 11 projetos de resolução. Os vereadores realizaram ainda 3 audiências públicas e 2 sessões solenes.

“O que explica esse crescimento é uma Câmara formada por vereadores que têm o compromisso com a população de Campo Maior e que veem nesse modelo administrativo uma forma de melhor contribuir com a população de Campo Maior”, afirma Fernando Miranda.


16 / 07 / 2018 - as 10:01

O mototaxista Jorge Bento dos Santos, de 36 anos, morreu nas primeiras horas da manhã deste domingo (15) em um acidente na avenida São Sebastião, em Parnaíba, litoral do Piauí. O homem, segundo a polícia, se envolveu em uma colisão com um colega de trabalho no cruzamento com a rua Pedro Freitas.

De acordo com a Polícia Militar, ambos trabalharam durante toda a madrugada em uma seresta que aconteceu no bairro Frei Higino, a poucos metros do local do acidente. Eles estariam retornando de um atendimento quando se envolveram na colisão. Os dois seguiam no mesmo sentido da avenida. Pessoas que estavam na festa informaram para a polícia que os mototaxistas também estavam ingerindo bebida alcoólica enquanto trabalhavam.

“Pessoas que estavam nessa seresta nos disseram isso. E o teste de alcoolemia que fizemos com o mototaxista que sobreviveu constatou isso. O resultado apontou 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, teor considerado crime de acordo com a Lei Seca. Constata-se, portanto, a banalização da vida”, destacou o sargento Silvino Silva, do Pelotão de Policiamento de Trânsito (PPTran), enfatizando que é comum acidentes com pessoas embriagadas no litoral piauiense, sobretudo nos finais de semana.

Ainda segundo o policial, os relatos das testemunhas que informaram terem presenciado o acidente, são de que os mototaxistas conversavam com as motos em movimento. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou a ser acionado, mas a vítima já estava sem vida. O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Parnaíba após a realização da perícia criminal.

 

Fonte: G1PI

 


16 / 07 / 2018 - as 09:58

Um homem identificado por Luciano dos Santos, de 32 anos de idade, morreu na madrugada deste domingo (15/07) no Hospital de Urgência de Teresina, depois de duas paradas cardíacas. Ele foi esfaqueado na noite de ontem em frente à sua residência no Bairro Cariri em Campo Maior (82 km ao norte de Teresina).

Segundo familiares, ouvidos pelo Em Foco, Luciano chegava em casa quando um homem identificado por Thelson já o esperava com duas facas na mão. Os dois já tinham uma rixa supostamente por causa de uma mulher.

O acusado investiu contra a vítima e Luciano chegou a atingir Thelson com um pedaço de madeira, mas quebrou e ouve luta corporal. A vítima foi atingida por três perfurações no pescoço, na virilha, e no tórax que atingiu o pulmão.

Populares levaram Luciano de moto ao Hospital Regional e Campo Maior, perdendo muito sangue. Em seguida, a vítima foi transferida ao HUT em Teresina, mas por volta das 04hs desta madrugada acabou indo a óbito.

A polícia militar não sabia do ocorrido até a postagem desta noticia. O Em Foco não conseguiu falar com ninguém da polícia civil. Familiares informaram que a mãe de Luciano registrou um Boletim de Ocorrência nesta manhã. O suspeito encontra-se foragido.

Luciano era pescador, casado e deixa dois filhos de 9 e 13 anos, respectivamente.

Fonte: campomaioremfoco

 


16 / 07 / 2018 - as 09:57

A Catedral de Nossa Senhora das Dores, localizada na Praça Saraiva, no Centro de Teresina, foi alvo de vandalismo na madrugada deste domingo (15). Bandidos invadiram a igreja por um vitral, quebraram imagens e levaram ventiladores.  A missa das 7h30 foi transferida para a capela do Colégio Diocesano.

O padre Tony Btista,  vigário geral da Arquidiocese de Teresina, lamenta o crime e conta que esta é a terceira vez que a catedral é alvo de vandalismo. 

"Tinha muito sangue lá dentro. Eles entraram pelo vitral e acabaram se cortando. Pra descer, eles tiveram que se apoiar e acabaram quebrando várias imagens. Foi um ato de vandalismo como está acontecendo em todo o Brasil. Não levaram nada de valor material porque não havia nada para ser levado", disse o padre. 

Um vídeo gravado por uma das voluntárias da catedral, que preferiu não ser identificada, mostra como ficou a capela do Santíssimo. O caso será investigado pelo 1º Distrito Policial. 

"Ficou tudo revirado. Eles quebraram as imagens de São João Paulo II e uma de São Vicente, quebraram o cofre, sujaram toalhas de sangue", disse a voluntária.

De acordo com a Arquidiocese de Teresina, a missa das 18h acontecerá normalmente. 

Fonte: cidadeverde.com

 


16 / 07 / 2018 - as 09:55

A partir desta terça-feira (17) até o dia até 23 de agosto, o eleitor poderá habilitar-se perante a Justiça Eleitoral para votar em trânsito (fora do seu domicílio eleitoral) nas Eleições 2018. O voto em trânsito pode ocorrer no primeiro, no segundo ou em ambos os turnos, mas somente em capitais e municípios com mais de 100 mil eleitores.

Segundo a legislação, para votar em trânsito, o eleitor deverá comparecer em qualquer cartório eleitoral e solicitar sua habilitação. Basta apresentar um documento oficial com foto e indicar o local em que pretende exercer seu direito de voto. Apenas os cidadãos que estiverem com situação regular no Cadastro Eleitoral poderão votar em trânsito.

Os eleitores que se encontrarem fora da unidade da Federação de seu domicílio eleitoral poderão votar em trânsito apenas na eleição para presidente da República. Já aqueles que estiverem em trânsito dentro da unidade da Federação, porém em município diverso de seu domicílio eleitoral, poderão votar para presidente, governador, senador, deputado federal e deputado estadual.

O voto em trânsito não é permitido em urnas instaladas em outros países. Entretanto, eleitores com título eleitoral cadastrado no exterior, e que estiverem em trânsito no território brasileiro, poderão votar na eleição para presidente da República.

Caso o eleitor habilitado para votar em trânsito não compareça à seção, ele deverá justificar sua ausência, inclusive se estiver em seu domicílio eleitoral de origem no dia da eleição. A justificativa de ausência nos dias de votação não poderá ser feita no município por ele indicado para o exercício do voto.

O voto em trânsito está previsto na Lei nº 4.737/1965 (Código Eleitoral), na Resolução do Tribunal Superior Eleitoral nº 23.554/2017 e no Calendário Eleitoral 2018.

Locais de votação em trânsito

De acordo com a Resolução-TSE nº 23.554/2017, cabe aos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) divulgar em seus sites, até o dia 17 de julho, onde haverá voto em trânsito. Os locais poderão ser atualizados até o dia 23 de agosto.

As seções eleitorais destinadas à recepção do voto em trânsito deverão conter no mínimo 50 e no máximo 400 eleitores. Se o número de eleitores não atingir o mínimo previsto, o TRE agregará a seção eleitoral a outra mais próxima, visando garantir o exercício do voto.

Transferência temporária de eleitores

A transferência temporária para outra seção eleitoral é facultada ainda aos presos provisórios e adolescentes que cumprem medida socioeducativa em unidades de internação, bem como aos eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida. O mesmo vale para os integrantes das Forças Armadas, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Ferroviária Federal, polícias civis, polícias militares, corpos de bombeiros militares e guardas municipais que estiverem em serviço por ocasião das eleições.

Esses eleitores também devem requerer a habilitação para votar em outra seção eleitoral no período de 17 de julho a 23 de agosto. Encerradas as eleições, as inscrições dos eleitores que se transferiram temporariamente para outros locais de votação retornam automaticamente para as seções eleitorais de origem.


Fonte: TSE

 

 

 


16 / 07 / 2018 - as 09:53

Um policial do Grupo de Repressão ao Crime Organizado reconheceu “passeando tranquilamente com a família em um shopping” de Teresina um dos maiores assaltantes de instituições financeiras no Piauí, informou o coordenador do Greco, o delegado Willame Costa.  

Foragido do sistema prisional do Piauí, Maranhão. Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, Márcio Alencar Dutra, de 31 anos, foi preso em flagrante ontem (14).

“Um policial estava aproveitando o final de semana quando o avistou passeando normalmente com a esposa e o filho no shopping. Ele pediu reforço de outros policiais e do delegado Gustavo. Ele é suspeito de participar de vários roubos em diversos estados”, disse o coordenador.

O delegado ressaltou que Márcio Alencar estava com uma carteira de identidade falsa. 

No Piauí, Márcio é suspeito de participar do roubo a banco na cidade de Amarante.  Na ação ele usou uma farda da Policia Civil do Maranhão. O alvo da quadrilha foi o Banco do Brasil do município em junho de 2016. Ele portava um fuzil 556. Ele mais cinco homens participaram do crime. 

Mário também é conhecido como “Márcio Capote”. Ele já chegou a ser preso em Goiás em setembro de 2016, também com uma identidade falsa. 

Fonte:cidadeverde.co

 


16 / 07 / 2018 - as 09:52

O ex-secretário de Segurança Pública e deputado federal, Fábio Abreu, afirmou nesta segunda-feira (16) em entrevista que a "vaidade e ego" sempre atrapalhou a integração das policiais. Fábio Abreu garantiu que o  Sistema Único de Segurança Pública (Susp) vai criar um banco único e quebrar as arestas entre as instituições no país. 

"A troca de informações sempre foi um empecilho devido a vaidade e ego. Tenho informação que fica na ilha Polícia Federal, a informação de inteligência que fica na ilha Polícia Civil e tinha informação que fica na ilha Polícia Militar. Nenhuma se comunicava. Com o Sistema Único de Segurança Pública (Susp) vai criar um banco único e a partir daí todos vão compartilhar as informações", disse Fábio Abreu.   

O governo federal informou que vai revogar Medida Provisória que direciona parte da arrecadação das loterias federais ao Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP) e editar uma nova. Fábio Abreu disse que os deputados ainda não foram informados pelo governo de onde serão tirados os recursos para o fundo. 

"Mas, já asseguraram que não será descontado do esporte e da cultura. O próximo será descontado é que ninguém sabe", ressaltou.

O ex-secretário advertiu que se o fundo for criado e não houver uma integração das policiais haverá o efeito "ilha" que é prejudicial nas investigações.
"Não vai adiantar de nada ter bilhões no fundo (previsão é arrecadar R$ 1 bilhão) se o sistema de informação continuar como uma ilha. 

Fábio Abreu informou que defende que parte do fundo seja direcionada para questão salarial da polícia. "O investimento tem que ser de viaturas e no pessoal que o estado precisa desse apoio". 

Ele disse que o problema da violência é um gargalo no país, mas apontou como problemas falta de recursos, pessoal e infraestrutura. Fábio Abreu apontou como solução imediata a compra de folga dos policiais para aumentar o efetivo nas ruas.

O ex-secretário lembrou que a operação Call Center é um exemplo de que o trabalho integrado dar bons resultados no combate aos grupos criminosos. 

Fonte: cidadeverde.com

 



PUBLICIDADE