26 / 03 / 2020 - 08h22
Guarda Municipal fecha mais de 950 estabelecimentos em Teresina que descumpriram quarentena

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Teresina informou nessa quarta-feira (25) que nos últimos dois dias 396 estabelecimentos foram fechados na capital por descumprimento da quarentena decretada pelo prefeito Firmino Filho (PSDB). No sábado (21), 959 foram interditados. De acordo com dados da GCM, 823 denúncias foram feitas pela população através do aplicativo Colab, telefones e redes sociais da prefeitura.

Segundo o secretário Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Samuel Silveira, muitas pessoas seguem desrespeitando o decreto e ainda não conseguiram compreender a necessidade do isolamento social.

“A gente tem reforçado em todas as abordagens a necessidade do cidadão de ficar em casa. Não esperamos chegar a uma medida drástica como essa de fechamento permanente dos estabelecimentos, mas pedimos a colaboração das pessoas para que assim a gente consiga evitar a propagação do vírus em nossa cidade”, informou Samuel Silveira.

Confira os números disponíveis para fazer denúncia:

Isolamento social e decretos de calamidade

Para evitar a contaminação pelo vírus, o isolamento social e medidas emergenciais foram determinadas por meio de decretos do governo do estado e das prefeituras, como na capital piauiense, para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas.

Policiais fazem abordagens nas fronteiras do estado a ônibus e veículos particulares. Escolas, universidades e a maior parte do comércio, assim como serviços públicos, suspenderam as atividades. Os decretos preveem que quem descumprir as regras pode ser penalizado com multa ou até prisão.

 

Fonte: G1PI

 



Publicidade