14 / 12 / 2017 - as 11:32

Passageiros pularam de um ônibus coletivo em movimento durante assalto na noite desta quarta-feira (13). O transporte coletivo fazia linha Cerâmica Cil- Miguel Rosa. As vítimas ficaram feridas e foram levadas pelo SAMU ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT). A ação criminosa foi á terceira na Capital somente nesta semana. 

Segundo o capitão Mesquita, do 1° batalhão, a polícia já tem características dos criminosos.

"Um estava com uma bolsa tiracolo e o outro bem vestido...não dava para despertar desconfiança. De repente, os dois começaram a discutir. Um dizia que não tinha dinheiro e era para o outro pagar o ônibus. Tudo isso para despistar. Quando passamos da avenida Nações Unidas, na Miguel Rosa, anunciaram o assalto, fizeram o rapa, desceram e tomaram um carro de assalto de um rapaz", contou o motorista.

“Fomos informados que dois elementos tomaram de assalto um coletivo que vinha sentido Sul-Centro e anunciaram o roubo armados com um revólver e uma arma branca. As pessoas que estavam no coletivo, ficaram nervosas e resolveram saltar do ônibus, ao tentar descer cometeram lesões, caíram e se acidentaram. Nós já conseguimos pegar detalhes desses indivíduos e logo vamos capturá-los. No total foram sete pessoas acidentadas, o SAMU chegou ao local e socorreu aquelas que apresentavam sinal mais delicado”, afirmou.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e do Corpo de Bombeiros esteve no local para socorrer as vítimas.

 

Fonte: Fala Piauí


 


14 / 12 / 2017 - as 11:27

No Piauí, a operação conta com o apoio das Polícias Militar e Rodoviária Federal e participação de 500 policiais civis de 28 Delegacias Regionais, 25 Distritos Policiais e 15 especializadas.

Quase 40 suspeitos foram presos na operação PC 24H deflagrada no Piauí na manhã desta  quinta-feira (14). Os presos são investigados por diversos crimes como tráfico de drogas, furtos, roubos, porte e posse ilegal de arma de fogo. 

Dos 38 presos, 20 foram capturados no interior do Estado e 18 na Capital. A operação conta com o apoio das Polícias Militar e Rodoviária Federal e participação de 500 policiais civis de 28 delegacias regionais, 25 distritos policiais e 15 especializadas.

Entre os suspeitos há um carpinteiro preso na Nova Brasília, zona Norte de Teresina. Ele é suspeito de receptação e conseguiu dispensar a droga no vaso sanitário. Na mesma região, no bairro Mafrense, uma dupla foi  preso suspeita de assaltar uma delegada na Capital. 

Além dos mandados serão realizadas ações que englobam fiscalizações e bloqueios de acesso a transeuntes e motoristas em diversos pontos da cidade. As equipes também realizam o trabalho de abordagem no Centro da Capital dando dicas de segurança nesse período de maior movimento no comércio.

À noite, os policiais vão vistoriar locais de vulnerabilidade, onde há presença de menores com bebidas alcóolicas. 

A operação PC 24h integra uma ação policial nacional denominada operação PC 27, onde mais 26 (vinte e seis) estados simultaneamente deflagraram operações. 

Fonte: Ascom 


13 / 12 / 2017 - as 13:46

                   Os assaltantes renderam o vigia e fizeram um arrastão

Uma escola da rede pública foi assaltada na madrugada desta terça-feira (12). Os bandidos renderam o vigia, levaram vários equipamentos e deixaram uma mensagem em um quadro da instituição: “Se o governo rouba de nois [sic]…”.

De acordo com informações da vice-diretora da unidade, Hosana Neves, a suspeita é de que a dupla tenha pulado o muro da escola. Depois, os acusados renderam o vigilante, amarraram-no e conseguiram entrar na sala da direção, onde tiveram acesso às chaves de todos os ambientes do prédio. Foram roubados itens como televisão, notebook, monitores, caixas de som e até lanches que seriam servidos aos alunos.

Os bandidos que ainda não foram identificados fugiram, levando o carro do vigilante feito de refém. 

Fonte: Metropoles


11 / 12 / 2017 - as 01:53

Um homem identificado por “Vaqueirinho”, que residia na cidade Campo Maior, morreu na noite deste domingo (10), após um acidente na PI-322, estrada que liga a cidade de Buriti dos Montes a Castelo do Piauí.

De acordo com informações, ele estava dirigindo o caminhão indo de Campo Maior para a cidade de Crateús – CE, onde levava três cavalos que iriam participar de uma competição, quando o veículo perdeu o freio, em uma ladeira próxima a localidade Tranqueiras, e ele não conseguiu fazer a curva. O caminhão tombou e desceu o aterro. O motorista foi sacado fora do veículo e morreu no local, um dos três animais também morreu. 

Outras duas pessoas que estavam no veículo, identificadas por Edmilson César Bezerra, 51 anos, e Lucas Henrique Moraes, 22 anos, sofreram escoriações pelo corpo e foram levadas até o Hospital Local Nilo Lima em Castelo do Piauí, e em seguida transferidos para o HUT em Teresina, para realizar exames. O estado de saúde dos dois feridos é estável.

Portalfato: Luisinho Ribeiro.

Fonte: Tony Sales


08 / 12 / 2017 - as 13:09

Um homem foi preso suspeito de cometer vários crimes contra a ex-namorada em Floriano, no Sul do Piauí. Segundo a polícia, o suspeito é empresário e foi encontrado na cidade de Presidente Dutra, no Maranhão, após a vítima informar para os agentes o local onde ele estava escondido. O empresário foi preso na quinta-feira (7) no estabelecimento comercial da irmã.

“Ele puxava meus cabelos e me batia de toda forma. Teve um momento em que ele me deu duas cabeçadas. Foi quando eu achei que iria desmaiar, então, pedi para ele me mata logo porque eu não aguentava mais. Neste momento, ele pegou o facão e bateu em mim quatro vezes, três no braço e uma no bumbum", lembra a vítima.

Segundo o delegado Danilo Barroso, as agressões ocorreram há um mês. “Ele será ouvido e vai apresentar as razões dele. Após o interrogatório será encaminhado para a penitenciária”, afirmou.

O suspeito negou o crime e contou que fugiu da cidade de Floriano com medo de ameaças da família da ex-namorada.

Com informações do G1

 


08 / 12 / 2017 - as 11:40

O Ministério Público Federal no Piauí promoverá ações socioeducativas no Dia Internacional contra a Corrupção, dia 9 de dezembro. As iniciativas buscam estimular o exercício da cidadania e, ao mesmo tempo, difundir o papel e os canais de comunicação da instituição, colaborando com a construção de uma sociedade participativa e atuante, engajada com valores como honestidade, transparência, sustentabilidade e consciência coletiva.

A primeira ação ocorrerá no período da manhã, entre 10 e14 horas, no Teresina Shopping. Nesse período, o público infantojuvenil será apresentado ao mundo da Turminha do MPF, um projeto idealizado para dialogar com essa faixa etária estimulado a formação da cidadania de crianças e adolescentes. A ação prevê o diálogo com o público por meio de estratégias lúdicas, com a utilização de bonecos da Turminha em tamanho real, entrega de gibis, marcadores de página para livros, folhetaria temática e camisetas com a marca do projeto.

Na parte da tarde, a partir das 16 horas, o MPF se juntará com as demais instituições que compõem a Rede de Controle da Gestão Pública no Estado do Piauí, em um grande evento que ocorrerá na Parque da Cidadania, em Teresina. A programação inclui música, atividade física, dança, teatro e show de humor,relacionados à temática do evento.

Em paralelo à programação lúdica que ocorrerá no anfiteatro do parque, equipes de 9 das 14
instituições parceiras que compõem a Rede de Controle no Piauí (CGE, CGU,
Ministério Público de Contas, MPF, MPPI, Polícia Civil, TCE, TCU e TRE) estarão
presentes em tendas montadas para o atendimento ao público. Nelas, será possível
conhecer um pouco mais do trabalho dessas instituições na prevenção e no combate à
corrupção e descobrir como cada cidadão pode auxiliá-las nessa importante missão.

Além das tendas das nove instituições, o evento também contará com os serviços do Sesi, ofertados em duas tendas montadas no espaço.

Confira a Programação que ocorrerá no Anfiteatro do Parque:

16h15 - Aula de Alongamento
17h00 - Apresentação de peça teatral da Justiça Eleitoral (AJE/TRE)
17h45 - Aula de Zumba
18h20 - Show com o humorista Vinícius Karkam
19h15 – Atração Musical

Fonte: MPF

 


07 / 12 / 2017 - as 13:41

A Polícia Civil do Piauí, através das equipes do 1o. Distrito Policial, 2o. Distrito Policial e DEAM de Piripiri/PI, sob o comando dos Delegados Jorge Terceiro, Ricardo Oliveira e Lucivânia Vidal, deflagrou na manhã de hoje a "Operação Ártemis" no município de Capitão de Campo/PI, onde duas pessoas foram presas por pratica de crimes ambientais.
 
"Há cerca de um mês estávamos realizando as investigações, o resultado foi a operação deflagrada hoje pela manhã. Até o momento duas pessoas foram presas, dezenas de animais silvestres foram apreendidos e as equipes do IBAMA/SEMAR já se deslocam para o local. Dentre os animais silvestres foram localizados e apreendidos vários catitus, raposas, onças pardas, jabutis, tatus, gato Maracajá, e diversas aves silvestres". Afirmou o delegado Jorge Terceiro
 
Segundo o Delegado Ricardo Oliveira "a operação ocorreu em duas frentes, sendo a primeira na zona urbana da cidade Capitão de Campos/PI e segunda na zona rural, mais precisamente no povoado Montes. O proprietário dos imóveis e um caseiro foram presos em flagrante. O proprietário dos imóveis chegou a empreender fuga mas foi interceptado pela PRF na altura do município de Campo Maior/PI, que acionada por nossas equipes."
 
 
Segundo a Delegada Lucivania Vidal "O estado dos animais é deprimente, alguns presos em cubículos, a onça parda sofreu visíveis maus-tratos tendo sido extraídas as presas do animal e obtivemos a informação de que há pouco tempo uma outra onça também mantida em cativeiro no sítio na zona rural acabou morrendo".
 
Os autores foram autuados em flagrante nos crimes ambientais de cativeiro de animais silvestres majorado pelo fato de haverem espécies ameaçadas de extinção - art. 29, parag. 1o, inc. III e par. 4o, Inc. I da Lei 9.605/98 gerando pena de até 1 ano e meio, alem do crime de abuso e maus tratos previsto no art. 32 da mesma lei, que resulta em mais 01 ano.
 
O nome da Operação, "Artemis", é em referência à deusa protetora da vida selvagem, dos animais e da caça, era filha de Zeus com a deusa Leto e irmã gêmea de Apolo. Quando criança, ao ser questionada por seu pai qual seu maior desejo, ela pediu, sem hesitar, que pudesse circular livremente pelas matas, à noite, ao lado dos animais ferozes sem nada sofrer, o que lhe foi prontamente concedido.
 
 
 
 

07 / 12 / 2017 - as 09:48

O capitão da Polícia Militar, Alisson Wattson, que confessou ter matado a namorada em outubro deste ano, vai a júri popular. Nesta semana, o Ministério Público denunciou o PM por três crimes. O promotor de Justiça, João Mendes Benigno Filho, da 13ª promotoria criminal de Teresina, acredita que o suspeito será condenado ao fim do processo. 

"Não tem como sair dessa trilha de homicídio duplamente qualificado e vai ao Tribunal do Júri. Quem vai julgar é a sociedade, o Conselho de Sentença, que vai aplicar a pena. O MP espera que no final do processo saia a condenação. Temos a certeza que ele será condenado", disse o representante do MP. 

Alisson Wattson foi denunciado por homicídio qualificado pelo feminicídio, ocultação de cadáver e fraude processual. Benigno Filho ressalta que a denúncia está bem fundamentada.

"A denúncia se prende à materialidade e a autoria. Ele usou a própria arma da corporação para tirar a vida de uma jovem [Camilla] que o único erro  que cometeu foi se dedicar a ele, dedicar seu amor a ele. A resposta que ele [Alisson Wattson] deu ao amor e a dedicação foi tirar a vida dela", frisa o promotor. 

O julgamento será presidido pela juíza Maria Zilnar Coutinho Leal ou pelo juiz Antônio Reis Noleto.

 

Com informações do Cidadeverde.com



PUBLICIDADE